Oezdemir afirma que prisão não irá afetar motivação por cinturão

Reprodução/Twitter Oficial Volkan Oezdemir

Volkan Oezdemir teve um final de ano  de altos e baixos. O suíço chegou a ser preso por lesão corporal grave devido ao envolvimento em uma briga na Flórida e também ganhou a chance de lutar contra Daniel Cormier pelo cinturão meio-pesado do UFC.

Apesar de tais problemas, ‘No Time’ garante isto não será suficiente para tirar a sua motivação pela chance de desbancar uma da estrelas da divisão na busca pelo cinturão do Ultimate.

“Tenho um bom time ao meu lado. Acredite em mim, tudo vai ficar bem. Não sei sobre todos os detalhes ou como irá acontecer. Mas sei que irei lutar e serei o campeão. É isso. Tenho apenas um objetivo em mente. Qualquer coisa que acontecer em minha volta, não irá me afetar”, afirmou Oezdemir em entrevista ao programa ‘The MMAHour’.

Sobre o caso de agressão, o suíço afirmou que não pode revelar detalhes sobre o caso. ‘No Time’ manteve a postura de deixar o seu foco no momento na luta que fará com Cormier, no UFC 220, dia 20 de janeiro, em Boston (EUA).

“Infelizmente não posso falar porque ainda há uma investigação acontecendo e meu advogado me disse para não falar nada sobre o assunto. ´É o trabalho dele, meu trabalho é lutar. Estar pronto para lutar. Me sinto bem e pronto para lutar. Será uma grande luta a do dia 20 de janeiro”, comentou.

LEIA MAIS

“GSP NÃO QUER LUTAR COM ALGUÉM DO PESO-MÉDIO”, DISPARA ROCKHOLD

UFC: CONFIRA AS SUSPENSÕES MÉDICAS DO TUF 26 FINALE

(Crédito da foto: Reprodução/Twitter Oficial Volkan Oezdemir)