Cruzeiro vacila em pleno Mineirão

Nesta quinta, Cruzeiro e Defensor do Uruguai se enfrentaram no Mineirão. A Raposa, terceira colocada no grupo 4 da Libertadores da América, precisava urgentemente da vitória. Já aos uruguaios, segundos colocados, interessava o resultado de empate.

Apesar dos três atacantes escalados por Marcelo Oliveira, o time mineiro tinha dificuldades para criar oportunidades de gol. Ricardo Goulart e Julio Baptista até tentaram marcar o primeiro tento para a equipe azul, mas apenas com chutes de média e longa distância. O Defensor se defendia com duas linhas de quatro marcadores, por isso a dificuldade para furar a defesa dos uruguaios.

Como a maioria dos times do país da Celeste Olímpica, eram ótimos na arte da “catimba”. Isso irritava os cruzeirenses. E a consequência desse nervosismo veio após falta em Dagoberto na entrada da área, no final do primeiro tempo. Após “empurra – empurra”, Nilton e Malvino foram expulsos. Parecia que, a partir daí, a situação da Raposa ficaria ainda pior. Porém, foi justamente o contrário que aconteceu. Na cobrança dessa infração, Éverton Ribeiro abriu o placar do Mineirão e levou a torcida à loucura!

Com a desvantagem, o Defensor foi obrigado a atacar mais e disponibilizar o contra – ataque ao Cruzeiro. E aos 18 minutos, Julio Baptista, em jogada individual aumentou a vantagem mineira.

O brasileiro Gedoz marcou o primeiro gol do Defensor aos 21 minutos. Desse momento em diante, a equipe de Minas Gerais passou a controlar mais a partida, tocar mais a bola. Teve algumas chances para definir de vez o jogo e garantir a segunda colocação do grupo. Contudo, não o fez. E nos acréscimos, a equipe brasileira foi punida com o gol de Zeballos, 2×2.

Com o resultado, o Cruzeiro continua na terceira posição, com quatro pontos, três atrás do Defensor, segundo neste grupo 4 . A Universidad de Chile é a líder.

 

CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio; Nilton(expulso), Lucas Silva e Éverton Ribeiro(Willian); Dagoberto( Rodrigo Souza), Ricardo Goulart(Élber) e Julio Baptista

DEFENSOR: Campaña; Zeballos, Correa, Malvino(expulso), Herrera; Fagundez, Fleurquín(Amado),Cardaccio, Gedoz( Luna), De Arrascaeta; Alonso         ( Silva)

Cartões amarelos: Bruno Rodrigo e Dagobero( Cruzeiro ); Zeballos e Correa( Defensor)

Cartões vermelhos: Nilton( Cruzeiro); Malvino( Defensor)

ESTÁDIO: Mineirão

Público: 39983



Sou estudante de jornalismo e um apaixonado por futebol. Campeonatos europeus e o brasileiro são os que mais me agradam.