Kia conta tudo. Da amizade com Andrés ao pulinho que deu no Itaquerão

Eram tempos de vacas magras e pobreza técnica em campo. Um limitado time que chegou a passar pela zona de rebaixamento e não tinha perspectiva animadora para os anos que viriam. Mas eis que chega um desconhecido empresário iraniano de 33 anos com milhões de dólares e traz consigo a proposta de contratar nomes impossíveis para o futebol brasileiro, como as então ascendentes estrelas argentinas Tevez e Mascherano.

Com muitos questionamentos sobre seus negócios, Kia Joorabchian chegou em 2004 com a MSI ao Corinthians em uma das mais polêmicas parcerias da história do futebol brasileiro. No ano seguinte, turbinou o elenco de estrelas como a prometida dupla argentina, os meias Carlos Alberto e Roger, o lateral Gustavo Nery e o atacante Nilmar.

Em entrevista exclusiva ao UOL Esporte, Kia falou tudo, veja abaixo:

Andrés é seu amigo ainda?
Kia Joorabchian: Andrés sempre foi meu amigo E sempre vai ser. Sem problema, sempre foi meu amigo, eu trabalhei com ele na MSI/Corinthians.

Tem se encontrado com ele?
Kia Joorabchian: Eu falo com ele, sempre falo com ele. Não falo com ele no dia a dia, mas não tem problema, ele é meu amigo e faz muito bom trabalho.

Você foi convidado por ele pra ir ao Itaquerão?
Kia Joorabchian: Tem que perguntar isso pra ele. Tem que perguntar isso pra ele. Converse com ele.

Veja a entrevista completa no UOL



Redação do Torcedores.com