Massa lamenta perda de tempo e encara como normal desobediência de ordem

Felipe Massa marcou seus primeiros pontos na temporada 2014. Na corrida deste domingo, o brasileiro cruzou a linha final na sétima posição, garantindo seis pontos para a Williams — e ignorando uma ordem de abrir passagem para o companheiro, Valtteri Bottas.

O ex-piloto da Ferrari travou uma luta com Jenson Button e com Bottas, já na parte final da corrida. Com problemas nas retas, o brasileiro não superou o britânico. Porém, Massa conseguiu segurar o ímpeto do finlandês nas cinco últimas voltas da prova malaia.

Massa classificou a disputa como “uma luta”, e culpou um acidente na curva quatro e a perda de tempo atrás de Button e Kevin Magnussen por não ter conseguido um resultado mais expressivo na segunda prova do ano.

“Foi uma luta do começo até o final. Larguei muito bem, passei alguns carros na largada, aí teve uma ocasião na curva quatro, tive de frear um pouco e acabei perdendo posições que eu tinha recuperado ali. Aí voltei atrás das McLaren, foi muito difícil ultrapassar as McLaren, eles têm uma velocidade alta na reta. A gente era mais rápido nos setores, nas curvas, mas na reta era difícil de ultrapassar, acho que o principal problema da corrida foi não ter passado rápido as McLaren, eu teria feito uma corrida livre. E no final, eu lutei com meu companheiro, pontos para a equipe, e é isso que interessa”, disse à TV Globo.

Leia a notícia completa do Grande Prêmio:



Redação do Torcedores.com