Mistura de Dança e BMX em uma combinação incrível; assista

O piloto João Rafael Neto começou a pedalar sua BMX aos 15 anos de idade nas ruas de Petrolina, estado de Pernambuco, a falta de pistas na cidade não foi obstáculo para João, que logo cedo já despertou o interesse por uma carreira profissional no BMX.

Os picos e elementos das ruas da cidade foram a sua escola, hoje João é muito conhecido por suas habilidades no BMX de rua.

Para os pilotos que almejam uma vida profissional no BMX, sem exceção nenhuma, chega uma hora que é necessário decidir que lado seguir.

Screen shot 2014-03-18 at 3.04.36 PM

Aos dezenove anos de idade João conheceu a Dança, e por insistência de uma amiga (Dijman Darc) João no inicio dançou apenas com o intuito de melhorar sua coordenação motora na Bike.

Aos poucos João foi se identificando com essa arte e decidiu se aprimorar mais no assunto, se mudou para Salvador, Bahia, e começou pegar pesado nos estudos, mas nunca deixando de lado sua BMX, muito pelo contrário, uma vaga idéia de misturar BMX e dança sempre esteve presente no dia-a-dia do piloto.

Em meados de 2005, em sua jornada acadêmica, João teve algumas oportunidades de começar a fazer os primeiros experimentos do esporte com a dança.

i

O tempo foi passando e era hora de tomar “aquela decisão”, João escolheu a dança, mas o BMX veio junto. Em 2007 o BMXer/dançarino começa a investir pesado nesse trabalho.

Já bem estruturado e com muito mais informações sobre ambos os elementos de seu trabalho, João aproveita a oportunidade para atender ao calendário acadêmico e entrega o seu primeiro trabalho dessa linha para duas disciplinas, uma do Curso de Dança da FUNCEB e outra no Bacharelado Interdisciplinar em Artes na UFBA.

Em seguida João conhece o dançarino e coreografo mineiro Luiz de Abreu, que na ocasião residia em Salvador, automaticamente os dois começaram a dividir juntos os mesmos interesses artísticos o que deu vida ao projeto “Bolero de 4” em abril de 2011. O ato consiste em um solo de dança para rua que tem como trilha sonora o Bolero de Marice Ravel.

fonte: ESPN



Redação do Torcedores.com