Seedorf pode cair e anima botafoguenses

O reinado de Clarence Seedorf, como técnico do Milan, pode ruir nos próximos quatro dias. Domingo, o time enfrenta a Lazio, em Roma,  e na quarta-feira, a Fiorentina.

Duas derrotas podem significar a demissão do holandês, menos de três meses depois  de chegar a Milão, pelas mãos do manda-chuva Silvio Berlusconi, como “salvador da pátria”.

Se isto acontecer, os torcedores do Botafogo têm muito o que comemorar. Quando se despediu, em entrevista coletiva no Rio, Seedorf disse que sua saída era apenas um “até breve”.

E foi o próprio Berlusconi quem levantou a hipótese da saída de Seedorf. O magnata italiano está decepcionado com a gestão do técnico e com o esquema tático escolhido. E a teimosia do holandês irritou o dirigente.

Os resultados não vieram.  O time foi eliminado na Copa da Itália e na Liga dos Campeões.

Depois de ouvir seus colegas de diretoria, sua filha Barbara e alguns jogadores, decidiu avisar o auxiliar de Seedorf, Mauro Tassoti, que ele pode virar “treinador tampão”. As informações “internas” são de que o grupo “rachou” e Seedorf não vai conseguir resgatar a confiança dos cartolas e levar o Milan a reagir.

Os botafoguenses prometem torcer muito para a Lazio e para a Fiorentina.

 

 



Redação do Torcedores.com