Com apoio de Marin, Aidar sai na frente para suceder Juvenal Juvêncio no São Paulo

Foi menos folgado do que de costume, mas, como nas outras eleições da era Juvenal Juvêncio, o grupo político de situação do São Paulo teve a maioria dos votos para o Conselho Deliberativo. Em um pleito recorde, realizado neste sábado, com pouco 3.004 votos válidos, a chapa liderada por Carlos Miguel Aidar ficou com 61,71% (ou 49) das 80 cadeiras renováveis a cada seis anos.

A disputa é uma prévia do pleito presidencial, marcado para 16 de abril. Nele, Aidar concorrerá com Kalil Rocha Abdalla, candidato da oposição, para suceder Juvenal, que encerrará um período de oito anos no poder, com três mandatos consecutivos e quatro títulos (três brasileiros seguidos e um da Copa Sul-americana). São os 80 conselheiros eleitos neste sábado mais outros 155 vitalícios que definirão entre um ou outro.

Números finais da eleição:
Total de votos: 3.025
Votos válidos: 3.004
Votos nulos: 1
Votos em branco: 20
Chapa amarela: 1.854
Chapa vermelha: 1.150

BkQuCILIEAAqnSc

Veja a noticia completa no R7



Redação do Torcedores.com