Novela Petros não acaba. Grêmio entra com recurso para novo julgamento

Getty Images

O Grêmio entrou com recurso no STJD para novo julgamento do caso Petros nessa quinta-feira. No início da semana, o Corinthians foi absolvido por unanimidade em Primeira Instância pelos auditores que não viram irregularidade no contrato do meio-campista.

LEIA MAIS
Corinthians é absolvido no “caso Petros” e faz provocação ao Internacional

A novela se iniciou em setembro após o jornal Lance noticiar que o Timão rescindiu o contrato de empréstimo de Petros que se encerraria no dia 1º de agosto e assinou um outro em definitivo. Porém, o nome do atleta apareceu no BID (Boletim Informativo Diário) no dia 2, em um sábado, liberando-o para jogar no domingo contra o Coritiba.

No entanto não há expediente na FPF e CBF no final de semana, ou seja, o volante poderia aparecer no quadro apenas no dia 4, segunda-feira. Caso ficasse constatada a irregularidade, o time alvinegro perderia quatro pontos (três pelo erro e mais um do empate contra os paranaenses). Apenas FPF e CBF foram consideradas culpadas. Ambas entidades foram multadas.

O Grêmio é parte interessada para um novo julgamento, já que concorre com o adversário por uma vaga na Copa Libertadores. Os gaúchos ocupam a sétima colocação na tabela do Campeonato Brasileiro, estando apenas dois pontos atrás do Corinthians, quinto colocado.

Em entrevista ao site GloboEsporte.com, o diretor jurídico gremista Gabriel Vieira justificou a decisão. “O caso envolve muitos fatores. Na primeira instância, preponderou o fator político. O Pleno tem um grau mais técnico. O Grêmio está nos autos porque houve um equívoco (da inscrição). É uma questão prática. Se fosse outro clube e implicasse o Grêmio na tabela, estaríamos inseridos também”, ponderou.

O Internacional, outra parte interessada, também deve entrar com recurso no STJD.

Ainda não há confirmação do novo julgamento. Vieira acredita que a definição vai demorar.



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)