Belluzzo se defende de críticas e diz que Nobre “só fala bobagens”

Ex-presidente e hoje candidato a vice da chapa de Wlademir Pescarmona, o economista Luiz Gonzaga Belluzzo respondeu às críticas feitas ao atual mandatário, Paulo Nobre, e ainda atacou o adversário. Em entrevista à ESPN Brasil, Nobre disse que teve que pagar as contas de uma gestão populista feita por Belluzzo em 2009.

LEIA MAIS
Nobre diz que paga o preço por gestão “populista” de Belluzzo
Palmeiras realiza primeiro treino oficial no Allianz Parque; confira
Paulo Nobre promete Palmeiras mais “competitivo” em 2015

Ao ser questionado pelo Torcedores.com sobre as críticas, Belluzzo primeiro respondeu de forma irônica. “Estava lendo um crítico italiano, Franco Moretti, quando me ligaram e disseram que ele estava dizendo umas bobagens. Mas eu nunca vou parar de ler um dos melhores críticos para ouvi-lo. Só depois fui saber”, disse o ex-presidente.

Belluzzo, então, passou a se defender e também atacar Nobre, que concorre à reeleição. “Eu não fiz populismo. Eu tomei decisões populares, que foi segurar os jogadores que julgava necessários para conquistar um título. Nunca vi um presidente de time grande não pensar em título. O time dele luta para não cair”, disse.

“Contratamos poucos jogadores, o Vagner Love veio por empréstimo, o Diego Souza, Cleiton Xavier e Pierre vieram pela Traffic. Eu só seguei os jogadores, mas infelizmente não ficamos com o título. O Nobre era vice-presidente e não lembra disso porque estava correndo de rally”, acusou.

O atual presidente foi vice durante a gestão de Afonso Della Monica entre 2007 e 2009, enquanto Belluzou foi diretor de planejamento. Em 2010, assumiu a presidência.

“Estava aqui mexendo nos documentos e vi que de acordo com o balanço de 2009 o passivo que deixamos era um dos mais baixos da história, de R$ 162 milhões”, lembrou Belluzzo.

A eleição presidencial do Palmeiras será no próximo dia 29 de novembro e o candidato a vice de Pescarmona não espera uma campanha tranquila. “Poderia ser, mas ele fica falando essas bobagens”, finalizou.



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.