Opinião: Turma do Amendoim tem que dar uma trégua no Allianz Parque

Palmeiras
Foto: Divulgação/WTorre

Está cada vez mais perto o momento de ver o Palmeiras volta a jogar em sua casa. O Verdão deve começar em novembro sua trajetória no Allianz Parque, seu novo estádio, e precisará de todo o apoio possível dos torcedores nesta nova fase. É fundamental que o time sinta de todas as partes do estádio, das alas das organizadas aos camarotes, que poderá contar com o apoio e a vibração da torcida em qualquer parte do jogo.

LEIA MAIS
Opinião: Torcida precisa deixar de ser apática na inauguração do Allianz Parque

Por isso, nesses primeiros momentos do Palmeiras no Allianz Parque, é fundamental que a chamada “Turma do Amendoim” dê uma trégua na fama de reclamões e apoiem o time mesmo quando o passe sair errado, quando a finalização sair torta, quando o goleiro falhar.

O Palmeiras não vai inaugurar o estádio no momento dos sonhos dos torcedores. Ninguém queria que o ano da volta para casa, marcado ainda pelo centenário do clube, fosse um ano de luta contra o rebaixamento. Mas se o planejamento foi ruim, e o elenco é ruim, o comportamento da torcida não precisa seguir esse lógica.

O torcedor palmeirense tem que mostrar nos próximos tempos que será um aliado importante no Allianz Parque. A arena não pode ser simplesmente um palco moderno, considerado como um dos estádios mais bonitos do mundo, que sirva ela própria como instrumento de orgulho dos torcedores por causa da possibilidade de eventos como shows de Paul McCartney e outros ídolos musicais.

O estádio tem que ser motivo de orgulho por ser o ponto de encontro, a cada jogo, de 43 mil apaixonados pelo Palmeiras. Pessoas que vão incentivar, empurrar o time. As críticas, reclamações, xingamentos, etc, devem ficar para depois do apito final. E sempre respeitando o limite do direito que um torcedor tem, sem descambar para violência e coisas do gênero.

O Palmeiras tem nas mãos uma chance de ouro para construir algo que coloque medo nos adversários, já que o ataque não tem conseguido fazer essa função há algum tempo. A união torcida-time-estádio precisa ser a chave de uma nova era no Verdão. Por isso, é hora de dar as mãos e colaborar positivamente pelo clube.



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Repórter e apresentador da TV Torcedores. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016.