Presidente do Corinthians quer se livrar de Pato: “Eu preciso vender”

Corinthians
Getty Images

Em entrevista exclusiva aos canais ESPN, o presidente do Corinthians falou sobre a relação com o STJD, a renovação de Paolo Guerrero, a situação de Alexandre Pato, entre outros assuntos levantados pelo jornalista Gustavo Hoffman e o comentarista Zé Elias.

LEIA MAIS
Veja quem já está na corrida para as eleições presidenciais do Corinthians

Quando o assunto foi Alexandro Pato, Mario Gobbi foi categórico ao dizer que espera que o atacante brilhe no São Paulo para que possa ser vendido depois. “Preciso lucrar com o jogador”, disse o mandatário.

O ex-atacante do Milan não se encaixou na equipe alvinegra e a torcida começou a persegui-lo pela falta de interesse demonstrada em campo. Após o pênalti desperdiçado contra o Grêmio na Copa do Brasil do ano passado, o clima ficou insustentável e no início deste ano a diretoria resolveu negociá-lo.

Alexandre Pato e Jadson foram envolvidos em uma troca em fevereiro deste ano. Na negociação, Alexandre Pato foi por empréstimo para o São Paulo até o final de 2015 e o meia Jadson foi para o Corinthians em definitivo. O Corinthians paga metade dos vencimentos do atacante e só pode vendê-lo antes do término do contrato caso chegue uma proposta de 15 milhões de euros.

A diretoria corintiana sabe que é difícil recuperar o investimento feito para trazer Alexandre Pato para o Brasil, mas esperam receber uma proposta de pelo menos 10 milhões de euros para vender o jogador.



Jornalista esportivo!