10 coisas que só quem jogou futebol no Super Nintendo sabe

Reprodução

Quem nasceu entre os anos 1980 e a primeira metade dos anos 1990 com certeza se lembra dos tempos em que a diversão em videogames atendia pelo nome de Super Nintendo. O console foi o ícone da infância e adolescência de muita gente, e claro que não poderiam faltar os jogos de futebol.

LEIA MAIS
5 reações que você sempre quis ter após perder no videogame

Os games de futebol mais famosos daquela época foram as séries International Superstar Soccer, da Konami, uma espécie de predecessor do Winning Eleven e do PES, e o Fifa, que já dava seus primeiros passos pela EA Sports.

Para relembrar essa época única na história de uma geração inteira, o Torcedores.com lista agora 10 coisas que só quem passou uma parte da vida jogando futebol nesse console vai saber e lembrar como isso era. Perrengues, truques, táticas. Você lembra como era o futebol no Super Nintendo?

1) A emoção de ver o juiz virar um… cachorro!?

Para muitos, essa descoberta foi completamente produto do acaso. O juiz se transformava em cachorro por alguma fanfarronice dos programadores da Konami em International Superstar Soccer Deluxe, e isso era ativado a partir de um código. Como você sabe que, no começo, acaba apertando qualquer botão na luta por aprender o jogo, não era incomum essa sequência do cão ser ativada pelos gamers.

2) Que Allejo e Janco Tianno são os ídolos dos anos 1990

janco tianno

Em uma época que licenças dos nomes reais dos jogadores não estava nem nos sonhos do gamers, Janco Tianno (Fifa) e Allejo (ISS) fizeram a festa da molecada que brincava com a seleção brasileiras nos jogos. Eles representavam atletas reais, sendo Tianno uma espécie de Romário. Allejo era o melhor jogador do ISS, fundamental para qualquer vitória por seus muitos gols marcados. Tanto que virou um mito na internet e ganhou um “documentário” chamado ‘Allejo Eterno’.

3) O narrador fanho fazia a festa nos jogos

O ISS teve uma versão paralela, vendida no mercado pirata e muito comum em todo o Brasil, chamada Futebol Brasileiro 96. As seleções originais do game da Konami eram substituídas pelos clubes nacionais. A narração também foi montada pelos programadores piratas. O resultado foi um narrador fanho falando várias expressões em portunhol. Mas que ninguém esquece. “Forte bomba!”, “Que lindo!”, “Oe, goleiro”

4) Que os piratas não conheciam muito bem o futebol brasileiro

Goias x Guarani

Afinal, a versão paralela do ISS trazia esse duelo entre Goiás e Guarani com camisas azuis, em tons diferentes. Ok, se ambos não fossem verdes.

5) Fitas eram assopradas quando os jogos travavam bem no meio das partidas

fita nintendo

Naquela época não tinha jogo baixado e salvo no HD, mídias de Blu-Ray, DVD e CD, nem nada disso. Era tudo no famoso cartucho, também chamado de fita. O game simplesmente travava, e o senso comum era o que de que as fitas precisavam ser assopradas. Funcionava, tanto que virou cultura popular. O fato é que aquilo não resolvia nada e ainda podia estragar os cartuchos, devido a possíveis contatos da saliva com as partes eletrônicas. O que resolvia mesmo era o simples ato de tirar e colocar a fita no videogame.

6) Dava para jogar com o Madureira!

fifa

E não só ele. Outros times menores também faziam parte da lista de times da franquia Fifa nos anos 1990. Os brasileiros apareciam, com os nomes dos jogadores certos, mas muitas vezes ignorando a forma como são chamados. O goleiro do Corinthians, Ronaldo Soares Giovanelli, sempre conhecido como Ronaldo, estava no jogo como R.Soares. Mas o melhor era poder jogar com times alternativos mesmo, como Madureira, Bonsucesso e América-RJ.

7) Muita gente chamava o futebol indoor do Fifa 97 de “futsal”

fifa futsal

Até parecia, mas aquilo era apenas um futebol indoor mesmo. O bom era que a bola nunca saía, graças aos vidros dos lados da quadra. Nessa função, o jogo era muito mais rápido e até mais divertido.

8) Que gols poderiam valer mais de 1

goleada

 

E precisa comentar?

9) Havia um bug mais fácil que permitia gols muito fáceis do meio-campo no ISS

10) Tinha que anotar a senha para continuar um campeonato depois

password

É isso mesmo. Havia um mundo antes do HD do seu PlayStation 3, dos Memory Cards do PS2 e PS1. Esse mundo era composto por uma senha absurda de grande, que deveria ser anotada e inserida novamente na próxima vez que você quisesse dar sequência ao seu campeonato.



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Repórter e apresentador da TV Torcedores. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016.