Chelsea bate Liverpool com gol de Diego Costa e se consolida na liderança da BPL

Chelsea
Getty Images

O clássico entre Liverpool e Chelsea colocava frente a frente times em situações opostas. Enquanto o Chelsea apresenta um bom futebol na temporada, que o faz liderar a Premier League e o grupo G da UEFA Champions League, o Liverpool encontra dificuldades para montar a equipe ideal depois da saída de Luis Suárez, tanto que ocupa a modesta sétima colocação no campeonato inglês e o terceiro lugar no grupo B da UCL.

A vitória deste sábado poderia, portanto, consolidar a liderança e o favoritismo do Chelsea na Premier League, ou o início da recuperação do Liverpool na atual temporada, que precisa de uma vitória sobre um grande time para elevar a moral do elenco e, consequentemente, aproximar-se da zona de classificação à UCL.

Precisando desesperadamente da vitória, o Liverpool começou o jogo marcando em seu campo de ataque, bem como tomando a iniciativa, tanto que, antes mesmo de completado o primeiro minuto, os Reds criaram a primeira chance de gol com Can, arriscando chute de fora da área, que acabou desviando na defesa do Chelsea e indo para fora. O Liverpool continuava no ataque e, aos 2 minutos, Philippe Coutinho teve a chance de abrir o placar, mas o brasileiro pegou mal na bola e ela ficou fácil para Courtois fazer a defesa.

O Liverpool mantinha o controle da partida e, aos 9 minutos, o domínio se converteu em vantagem no placar com Can, cuja finalização desviou em Cahill, enganou Courtois e estufou a rede. 1 a 0 Liverpool!

O Chelsea absorveu bem o gol sofrido e, aos 13 minutos, igualou o marcador com Cahill, aproveitando rebote de Mignolet, que havia feito grande defesa em cabeçada de Terry. O tento foi confirmado pela tecnologia que identifica quando a bola cruza a linha de gol, pois o chute de Cahill foi parcialmente defendido por Mignolet, que, no entanto, caiu com a bola dentro do gol. 1 a 1 no placar!

Após o gol de empate a partida ficou travada, com os dois times brigando pela posse de bola no meio de campo, até que, aos 25 minutos, Philippe Coutinho, depois de fazer bela jogada individual, arriscou de fora da área, porém a finalização foi defendida por Courtois. O Chelsea respondeu aos 28 minutos com Diego Costa, que, aproveitando roubada de bola no ataque, finalizou na direção do gol defendido por Mignolet. A bola, contudo, desviou na defesa do Liverpool e saiu pela linha de fundo.

O Chelsea, a partir dos 30 minutos do primeiro tempo, passou a controlar a partida e, aos 33 minutos, criou nova oportunidade de gol. Ramires recuperou a bola no meio de campo, avançou e tocou para Oscar, que abriu para Hazard, porém o arremate do belga foi desviado pela defesa do Liverpool. Aos 40 minutos, Hazard, novamente ele, teve oportunidade de virar o marcador, mas o chute do meia belga foi defendido por Mignolet.

A primeira etapa terminou com o domínio do Chelsea, em razão do ótimo trabalho de seu meio de campo, tanto que as melhores chances de gol foram criadas pelos Blues. O Liverpool, por sua vez, após iniciar a partida marcando no campo do adversário e controlando as ações de jogo, passou a conceder muito espaço ao Chelsea e terminou o primeiro tempo encolhido em seu campo de defesa, limitando-se a evitar o segundo gol da equipe londrina.

O segundo tempo começou com o Chelsea tomando a iniciativa, o que resultou na criação da primeira oportunidade de gol aos cinco minutos, com Diego Costa, que, depois de boa jogada de Hazard, brigou com a defesa do Liverpool e conseguiu finalizar com uma meia bicicleta, porém a bola passou por cima do gol de Mignolet. Aos 7 minutos, o Liverpool respondeu com Sterling, mas a finalização do inglês foi bem defendida por Courtois.

Apesar de jogar em Anfield Road, casa dos Reds, o Chelsea era bem melhor em campo e, aos 22 minutos, Azpilicueta foi lançado na ponta esquerda, passou pelo brasileiro Philippe Coutinho com facilidade, cruzou a bola na área, que, depois de desviada por Mignolet e Moreno, caiu no pé de Diego Costa para, livre, marcar o segundo dos Blues. 2 a 1 Chelsea!

O gol fez com que o Liverpool saísse mais para o jogo e, aos 28 minutos, Henderson quase igualou o placar para os Reds ao acertar bom chute que desviou na defesa do Chelsea.

Aos 42 minutos, o Liverpool teve nova oportunidade de igualar o placar com Gerrard, que finalizou forte de fora da área, porém o chute parou na defesa do Chelsea. No lance, o zagueiro Cahill desviou a bola com o braço dentro da área. Pênalti não marcado a favor do Liverpool.

O Liverpool ainda tentou pressionar na base do levantamento da bola na área, mas o Chelsea soube suportar a pressão e controlou o jogo até o apito final do árbitro.

A justa vitória consolidou o Chelsea na liderança da Premier League com 29 pontos, que parece não ter qualquer concorrente à altura na disputa pelo título de campeão inglês da temporada 2014/2015.

Pelos lados de Anfield Road, o resultado apenas reforçou o mau momento vivido pela equipe do Liverpool, que somou o terceiro jogo consecutivo sem vitória na Premier League, estacionando na sétima colocação com 14 pontos ganhos.

Foto: Getty Images



Suposto entendido, analista e comentarista. Porém, simplesmente apaixonado pelo esporte mais popular e fascinante do planeta: o futebol!