De 2013 até aqui, Corinthians lidera com folga o quesito empate; Cruzeiro tem menos da metade

No ano passado, o time que havia chegado ao auge de sua história em 2012 passou a ostentar o título de rei dos empates no Campeonato Brasileiro. Surgiu então o “empatite”, arquiteto das glórias corinthianas, mas que não pode evitar tal apelido durante o fim de seu ciclo no clube.

LEIA MAIS
Pelo que se viu no 1º turno, veja como pode terminar a tabela do Brasileirão
Corinthians próximo de amistoso com xará inglês que o inspirou

Em 2014 não é diferente. Embora a campanha seja melhor, ninguém empata mais do que o Corinthians na competição. São 12 resultados iguais, e, somando os números de 2013, a contagem chega a 29, enquanto o Cruzeiro, atual campeão e perto de ratificar o bi, é o que menos empatou no período, apenas 14 vezes, menos do dobro do Timão.

Após a 32ª rodada de 2013, o Corinthians ocupava a 12ª colocação, com 42 pontos, e a 11 de distância para o G-4. Hoje é o sétimo, com 54 pontos, mesma pontuação do quarto colocado, Fluminense. Mas a sina dos empates persiste, e novamente poderá deixar a equipe fora da Taça Libertadores.

Confira abaixo a quantidade de empates dos times, na ordem, somados o ano passado e o atual até a 32ª rodada. Não foram levados em conta as equipes que subiram e foram rebaixadas.

Corinthians: 29 empates

Bahia: 22 empates

Coritiba: 22 empates

Atlético-MG: 21 empates

Flamengo: 20 empates

Grêmio: 20 empates

Internacional: 20 empates

Fluminense: 19 empates

Goiás: 19 empates

Santos: 19 empates

Vitória: 18 empates

Atlético-PR: 17 empates

Botafogo: 16 empates

Criciúma: 16 empates

São Paulo: 16 empates

Cruzeiro: 14 empates

 

 

 



Estudante de jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie e alucinado por futebol.