Federação Catarinense de Futebol dispensa a bandeirinha gata

Bandeirinha gata

Fernanda Colombo, a bandeirinha gata como ficou conhecida, foi mandada embora pela Federação Catarinense de Futebol, porém ela não ficou muito tempo “desempregada” e já acertou com a Federação Pernambucana. Em entrevista ao site da ESPN, Delfim Peixoto, presidente da entidade do Sul, explicou o motivo de ter demitido a musa.

LEIA MAIS
Top 5: as bandeirinhas mais gatas do Brasil
Bandeirinha gata diz que quase entrou em depressão após críticas

“Não tinha mais motivo para ficar aqui. Ela queria ser vedete, queria ser modelo. Eu disse, então, que ela não trabalhava mais aqui. Falei para procurar outra federação. Na minha não ficaria. Quero moças, sim, mas tem que ser profissional. Começou a querer aparecer em tudo que é revista. Mostrar a coxa, mostrar a bunda. Não é assim que funciona por aqui. Então, eu avisei ela e ela foi embora”, explicou Delfim.

O site ainda entrou em contato com o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, e o mandatário defendeu a musa.

“Ela vai ser Fifa. Posso te garantir. E vai ser rápido. Vamos dar todas as condições a ela e isso vai acontecer rápido. Eu vi o histórico dele e ela tem muito potencial. Cometeu um ou outro erro, mas tenho certeza que vai crescer muito. Com Sandro Meira Ricci foi a mesma coisa. Ele veio brigado de outra federação”, assegurou, Evandro que ainda elogiou a beleza de Fernanda.

Fernanda Colombo ganhou repercussão após errar em dois jogos seguidos. O primeiro aconteceu no jogo entre São Paulo e CRB pela Copa do Brasil, onde o técnico Muricy Ramalho criticou o trabalho da musa e a partida seguinte foi em um clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG, em que ela errou ao dar um impedimento inexistente para a celeste e assim foi duramente criticada pelo dirigente da equipe Alexandre Mattos.

Apesar de já ter recebido propostas para trabalhar na TV, Fernanda preferiu continuar na carreira e a partir de agora representará a Federação Pernambucana.

Foto: Getty Images



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.