Jogador é suspenso por 50 anos por chutar bola na cara do juiz

Um jogador da 4ª divisão da Suíça foi suspenso por 50 anos (isso mesmo, CINQUENTA!) por ter chutado uma bola no rosto de um juiz. Não satisfeito, o atleta ainda jogou água no árbitro.

Segundo o jornal suíço Blick, o zagueiro Ricardo Ferreira ficou no banco de reservas da derrota de seu time, o Portugal Futebol Clube, para o SC Worb, pela liga de Berna.

Mesmo assim, o jogador participou de uma briga após o jogo. Durante um bate-boca, Ferreira chutou uma bola no rosto do árbitro e o esguichou com água.

“Nós não queremos esse tipo de jogador no nosso campeonato”, disse Robert Breiter, advogado da liga de Berna de futebol. “Infelizmente nos deparamos com esses casos uma vez por ano.”

Ferreira já havia sido suspenso por 45 partidas após ter sido considerado culpado de agredir jogadores adversários e ofendido funcionários.

“Eu esperava um ou dois anos [de suspensão] no máximo. Mas 50 anos? O futebol é a minha vida”, afirmou Ferreira.

Na verdade, a suspensão de Ferreira é por tempo indeterminado, mas como o computador do órgão regulador exige uma data final, foi estipulado que o jogador terá de ficar longe dos gramados por 50 anos. Ou seja, ele só poderá voltar em 05 de junho de 2064, quando tiver 78 anos.

Crédito da foto: Reprodução/Blick.ch



Jornalista, formado na Metodista, com passagens pelo UOL, R7, Meia Hora e Diário do Grande ABC.