Justiça do Rio decide não aceitar denúncia contra Adriano por tráfico de drogas

Divulgação

A 29ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro decidiu não aceitar a denúncia do Ministério Público contra o atacante Adriano por tráfico de drogas e associação ao tráfico. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa.

LEIA MAIS:
Adriano é denunciado por tráfico de drogas no Rio de Janeiro
Adriano vira alvo de piadas na França ao ser comparado a porco e Homer Simpson
IG: Perto de jogar na segunda divisão da França, Adriano diz que sonha com seleção

Segundo a assessoria de imprensa, a recusa da denúncia se deu pela falta de provas da ligação do jogador com os traficantes da Vila Cruzeiro.

Se fosse condenado, Adriano teria que cumprir uma pena que vai até 25 anos de reclusão somados (15 anos por tráfico de drogas e 10 anos por associação ao tráfico).

O promotor Alexandre Murilo Garça foi o responsável pela denúncia por entender que a compra de duas motos que Adriano fez em 2007 e que teriam sido utilizadas pelo traficante Mica na Vila Cruzeiro, lugar onde o jogador nasceu e seguiu frequentando depois da fama, configurava ligação com o tráfico de drogas.

Apesar da decisão favorável da 29ª Vara Criminal, ela não é definitiva, já que o Ministério Público pode recorrer da decisão e refazer a denúncia.

Adriano está perto de acertar seu retorno aos gramados com a camisa do Le Havre, da segunda divisão da França. O seu último clube foi o Atlético-PR.

Veja a nota oficial publicada por Adriano no Facebook:

“Esse é um momento que tenho que desabafar. Não abri minha boca quando saiu essa notícia absurda. Fiquei sabendo assim que cheguei ao Brasil, por uma mensagem da minha assessoria.
Milhões de matérias e notas falsas, uns até falaram que eu já estava condenado e sem passaporte! Será que essas pessoas têm família? Será que essas pessoas entendem que estão falando de um ser humano? Será que essas pessoas imaginam o que foi para os meus filhos verem isso tudo?
E agora? Qual será a próxima para aparecerem através da minha imagem?
Eu sabia que tudo daria certo, pois não devo nada para ninguém, sou honesto, pago meus impostos e tenho orgulho da minha origem!
Deus é mais que isso!
Agradeço à minha família, ao meu procurador Luiz Claudio Menezes, à minha assessora Renata Battaglia que, como sempre, estiveram ao meu lado o tempo inteiro. Graças a Deus, apesar desses obstáculos que tentam colocar na minha vida, tenho pessoas que “são por mim” ao meu lado”



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.