Le Havre, futura casa de Adriano, é conhecida pelos museus e igrejas. E as baladas?

Reprodução/instagram

Adriano é conhecido no mundo inteiro por não ser o mais profissional dos jogadores. Registros em festas e baladas podem ser encontrados aos montes em uma rápida busca na internet. Empenhado em retomar a carreira nos campos, o Imperador terá que se adaptar à uma nova realidade em Le Havre.

LEIA MAIS
Adriano vira alvo de piadas na França ao ser comparado a porco e Homer Simpson
Justiça do Rio decide não aceitar denúncia contra Adriano por tráfico de drogas

A cidade francesa foi fundada em 1517, tem cerca de 180 mil habitantes e está localizada na região da Normandia, no Norte da França. Tem como maior atrativo um dos maiores portos do país.

E se Adriano pretende encontrar um local para se divertir à noite, pode se preparar para viajar e gastar algumas horinhas. Le Havre não é lá muito conhecida pela vida noturna, mas sim pelos museus e igrejas. Há até um espaço concebido por Oscar Niemeyer na cidade que foi declarada patrimônio Mundial da UNESCO em 2005.

A distância para a capital Paris é de quase 200 quilômetros, o que complica caso ele queira dar um pulinho na Cidade Luz.

Em Le Havre, Adriano poderá conhecer o Vulcão, espaço cultural concebido pelo arquiteto Oscar Niemeyer, ou o teatro Casa da Cultura.

O museu de Arte Moderna André Malraux é o grande atrativo da cidade com muitas obras de artistas como Degas, Monet, Renoir. Outros atrativos são a Catedral de Notredame e a Igreja de St-Joseph, que mede 106 metros.

O que deve mais chamar a atenção de Adriano é a praia. Claro que ela não se compara com as areias de Copacabana ou da Barra (até porque são pedras ao invés de areia), mas o mar deverá ajudar o Imperador a matar a saudade enquanto defender o Le Havre.

Futebolisticamente falando, o Le Havre é um dos times mais antigos da França e está na sexta posição da Ligue 2, divisão de acesso, e briga para chegar à elite do futebol do país.



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.