Opinião: Só uma quebra mantém Rosberg na briga pelo título da F1

Rosberg

E depois de mais uma vitória de Lewis Hamilton, dessa vez no circuito de Austin, a temporada de 2014 vai se encaminhando a passos longos e confiantes para o piloto inglês.

LEIA MAIS
Lewis Hamilton vence o GP dos EUA de F1; Massa é o 4º

E não é só a vitória que credencia Lewis nesse momento. As apresentações do piloto nos últimos GPs reforçam o tal favoritismo. Ontem novamente Lewis se mostrou superior a seu principal rival, o também piloto da Mercedes Nico Rosberg.

O cenário nesse final de semana aparentava que algo diferente poderia acontecer, tese essa reforçada após o treino de classificação, quando Nico deu show andando mais rápido e dominando Hamilton durante toda a sessão. Na corrida, parecia que as coisas finalmente iam apontar para um vitória de Rosberg. Uma largada limpa e uma primeira parte de prova perfeita e sem sustos.

Tudo nos conformes para uma vitória de Nico e para embolar um pouco mais a luta pelo titulo. Mas Lewis Hamilton cresceu após a primeira rodada de pit stops e começou sua caçada ao piloto alemão. E o final de semana perfeito de Rosberg se desfez quando Hamilton cresceu em seu retrovisor e tomou a ponta da corrida.

A vitória de Hamilton traz a tona um panorama cada vez mais certo de titulo para o inglês. Restam duas corridas e 75 pontos em jogo. Em circunstâncias normais e analisando o atual momento dos pilotos, só uma quebra de Hamilton pode dar esperanças a Rosberg, pois na pista ao longo da temporada, o alemão tem sido constantemente engolido por Lewis que se mostra mais consistente durante as corridas.

É esperar demais? Talvez sim, mas vale lembrar que ao longo da temporada, Hamilton já teve problemas em seu bólido por três ocasiões (Austrália, Canadá e Bélgica), quem sabe não esta na hora da sorte mudar de lado, ou então até mesmo ir contra Rosberg? Resta esperar e ver quem passa primeiro na bandeirada.