Veja por que a torcida do Atlético-MG pode gritar “Eu acredito” na Copa do Brasil

Atletico-MG
Getty Images

O grito ‘Eu Acredito’ foi entoado e ficou famoso na torcida atleticana na Libertadores do ano passado, que culminou com o título do Atlético-MG coincidentemente iniciou-se após uma derrota por 2×0 fora de casa para o Newell’s Old Boys, da Argentina, mesmo placar aplicado pelo Flamengo no jogo de ida da Copa do Brasil.

LEIA MAIS
Atlético-MG anunciará destino de afastados depois de jogo decisivo

A Libertadores 2013 ficou marcada para a torcida do Galo, o time demonstrou um grande poder de superação, revertendo placares consideráveis, com uma certa dose de sorte, (pênalti defendido por Victor no último minuto contra o Tijuana-MEX), aliado ao apoio da torcida o time sagrou-se campeão continental pela primeira vez. E o grito de ‘eu acredito’ ficou famoso e é entonado em todo jogo decisivo na casa do Galo.

O “eu acredito” tomou conta dos torcedores Atleticanos dias antes da seminal contra o Newell’s Old Boys, o clube havia perdido o primeiro jogo na Argentina por 2 a 0.  No jogo de volta no Independência o Galo conseguiu igualar o placar com gols de Bernard logo no início, aos 3 minutos, e de Guilherme já no fim da partida, momentos antes o Independência havia ficado sem luz, devido um apagão.

Na final o panorama foi o mesmo, derrota por 2 a 0 para o Olímpia, no Paraguai. O palco da final foi o Mineirão, o jogo foi dramático, como toda a competição para o Galo, mas Jô, no primeiro minuto do segundo tempo e Leonardo Silva, quase no fim do jogo, aos 43 minutos, devolveram o placar do jogo de ida, e como todos sabem o Galo venceu a decisão por pênaltis e sagrou-se campeão.

Este ano a torcida Atleticana já ‘acreditou’ novamente, coincidentemente o jogo de ida foi o mesmo placar, 2 a 0 para o Corinthians. Porém, o jogo de volta o cenário foi diferente, o clube paulista abriu o placar com Guerrero, no início do jogo, aumentando a vantagem Corinthiana para 3 a 0, com um gol marcado fora de casa. O que obrigaria o Galo a vencer o jogo por três gols de diferença para se classificar, e de forma heroica o 4 a 1 aconteceu, com gols de Luan, Guilherme (2) e Edcarlos.

Amanhã o jogo contra o Flamengo possui o mesmo cenário, não faltam motivos para a torcida Atleticana ‘acreditar’ na classificação. O time já demonstrou poder incrível de reação, e de superação em momentos de decisão. O Flamengo não contará com Léo Moura, machucado. Everton e Gabriel são dúvidas. Já o Atlético Mineiro irá com o mesmo time que perdeu a partida de ida.



Jornalista em formação. Fanático por esportes, principalmente futebol. Vivo em busca de desafios e oportunidades que a vida me proporciona.