Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

O revolucionário Neuer e sua merecida indicação à Bola de Ouro

Recentemente, Manuel Neuer conseguiu um feito dificílimo para um goleiro. Ele está entre os três finalistas ao prêmio Bola de Ouro da FIFA, dado ao melhor jogador da temporada. Além do arqueiro alemão, estão na final, para variar, Lionel Messi e Cristiano Ronaldo.

Antonio Andrade
Suposto entendido, analista e comentarista. Porém, simplesmente apaixonado pelo esporte mais popular e fascinante do planeta: o futebol!

Foto: https://www.youtube.com/watch?v=Syyi2ZNQS3Y

neuer_rep

LEIA MAIS

Mercado da Bola: De Gea próximo de se tornar o goleiro mais bem pago da história

Uefa Champions League: análise e palpites das oitavas de final

Num esporte em que os jogadores do meio campo e ataque são muito mais valorizados, em virtude dos gols e passes decisivos, a indicação de Neuer, um goleiro, é um grande feito.

Pode-se questionar que um jogador de linha deveria ter sido indicado no lugar do arqueiro alemão, casos de Muller, Robben, Ribery, Lahm, Suárez (que, injustamente, foi excluído da lista de indicados), Ibrahimovic e companhia. No entanto, a indicação de Neuer foi justíssima.

Desde os tempos de Schalke 04, clube que o revelou, Neuer vem mostrando uma capacidade acima da média dos demais goleiros, tanto que, aos 24 anos, foi titular da seleção alemã na Copa do Mundo de 2010, realizada na África do Sul.

As boas atuações pelo Schalke e pela seleção fizeram com que o gigante Bayern de Munique contratasse o jogador por 22 milhões de euros. Apesar do alto valor, o investimento em Neuer valeu cada centavo, pois o goleiro causou impacto imediato.

Com suas defesas, ajudou o Bayern de Munique foi bicampeão alemão e da Copa da Alemanha, da Champions League, do Mundial Interclubes da FIFA e da Supercopa da UEFA, sendo sempre um dos protagonistas das conquistas bávaras, mostrando sua inegável técnica e extraordinário talento.

Não satisfeito em ganhar todos os títulos nacionais e continentais pelo Bayern de Munique, Neuer fechou com chave de ouro a temporada 2013/2014, ao conquistar a Copa do Mundo de 2014 com a Seleção da Alemanha, sendo, ainda, eleito o melhor goleiro da competição.

Neuer, porém, não se limitou a ser excepcional debaixo das traves. Com a chegada de Pep Guardiola, técnico de visão acima da média, Neuer revolucionou a posição de goleiro ao passar a jogar praticamente como um líbero, na sobra da defesa, para se antecipar aos atacantes adversários e afastar o perigo antes de a bola chegar perto de sua área, seja com os pés, seja com a cabeça. Ainda, Guardiola fez com que Neuer passasse a ser parte integrante da armação das jogadas da equipe do Bayern, forçando-o a trabalhar constantemente com os pés em diversos momentos da partida.

Aliás, no mundial do Brasil a característica de líbero de Neuer ficou clara, haja vista que, em diversas oportunidades, ele jogou adiantado, como um defensor na sobra dos demais zagueiros, como na partida contra a Argélia, válida pelas oitavas de final.

A maneira como Neuer tem atuado tanto no Bayern quanto na seleção alemã tem tudo para se tornar tendência no futebol mundial, revolucionando a posição de goleiro, que, além das responsabilidades usuais, acrescentará a função de, quando necessário, sair da área para se antecipar aos atacantes adversários, como um verdadeiro líbero jogando na sobra da defesa.

A indicação de Neuer, portanto, é merecida por tudo aquilo que o goleiro alemão vem desempenhando em campo, seja através das grandes defesas, seja pelas suas atuações revolucionárias com os pés.