Feijão perde e está eliminado no Brasil Open 2015

Tidos como azarões até aqui, Feijão (110º) e Luca Vanni (149º) mostraram por que estavam na semifinal do Brasil Open ao protagonizarem um grande jogo de tênis. No sábado, o italiano garantiu presença na decisão do torneio ATP 250 ao vencer por 6/4, 6/7(5) e 6/4 em quase 3 horas de partida. O adversário da final sairá do confronto entre o colombiano Santiago Giraldo (33º) e o uruguaio Pablo Cuevas (32º), disputado na sequência.

Érison Martins
Nasceu jornalista, mas só percebeu que queria fazer isso da vida quando, aos 11 anos, pediu de presente de aniversário uma assinatura da revista Placar. É doador de sangue compulsivo e jogador de futebol frustrado.

Crédito: Reprodução/Fcebook

Com o resultado, encerra-se a participação brasileira no torneio de simples. Desde 2009, quando o Brasil Open ainda era disputado na Costa do Sauípe (BA), um brasileiro não chega à decisão. Naquele ano, Thomaz Bellucci perdeu o título para o espanhol Tommy Robredo.

Feijão começou o jogo nervoso e desconcentrado. Teve o saque quebrado logo no primeiro game, após cometer quatro erros não forçados. Vanni sacou bem e, com dois aces seguidos, não teve problemas para confirmar o serviço. Sem cometer muitos erros nos games seguintes, o italiano fechou o set com tranquilidade.

O brasileiro voltou mais confiante na segunda parcial, sacando com mais eficiência e variando os golpes. Porém, no quinto game, Feijão desperdiçou o serviço e viu Vanni abrir vantagem novamente.

Até então, Luca Vanni não havia cedido um breakpoint sequer a João Souza, e aproveitado as duas oportunidades que teve para quebrar o serviço do brasileiro. Mas foi da empolgação da torcida no Ginásio do Ibirapuera que o paulista de Mogi das Cruzes tirou a força necessária para buscar a reação no décimo game, quando salvou dois match points e devolveu a quebra, fazendo 5/5. O lance desestabilizou o italiano, que cedeu facilmente o set no tie-break.

O set desempate marcou o momento psicológico de cada tenista no jogo. Feijão seguia acertando os golpes, enquanto Vanni cometeu duas duplas faltas seguidas no terceiro game. No sétimo, o brasileiro conseguiu quebrar o serviço italiano e abrir 4/3 no placar. Porém, a resposta veio em seguida, e o italiano devolveu o revés: 4/4.

Com um erro não forçado, o brasileiro precisou encarar o terceiro match point da partida, e não suportou. Luca Vanni, que entrou no torneio precisando disputar o qualificatório, chega à decisão do Brasil Open 2015.

Foto: Reprodução/Facebook