Azarado? Conheça o técnico que foi vice cinco vezes em 7 anos

No Brasil alguns clubes e técnicos são levados na brincadeira por terem a fama de sempre serem vice-campeões. É o caso do Vasco da Gama e quando se fala em treinadores Marcelo Oliveira e Jair Picerni também são exemplos. Mas neste final de semana, um comandante também pode ter levado a fama de sempre ficar em segundo e trata-se de Avram Grant.

Roberto Junior
Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.

Crédito: Reprodução/Twitter

LEIA MAIS
Veja quais times possuem mais títulos internacionais
Descubra quem é o maior vice-campeão do Brasil

O treinador levou a seleção de Gana ao vice-campeonato na Copa Africana de Nações e até ai tudo bem, se esse não fosse seu quinto vice em sete anos.

O israelense Avram Grant saiu do cargo de diretor do Portsmouth-ING, em 2007, para ser pela primeira vez na carreira, o treinador de um clube de futebol. No caso ele foi técnico do Chelsea e começaria aí sua vida de azarão.

Logo em sua primeira e única temporada no comando do Chelsea, Avram Grant foi vice-campeão três vezes consecutivas. Isso porque logo em sua primeira decisão acabou perdendo para Tottenham a Copa da Liga Inglesa. No decorrer da temporada, os Blues caminharam até a última rodada brigando com o Manchester United pelo titulo do Campeonato Inglês e mais uma vez o clube londrino foi vice-campeão.

No que poderia ter sido o trunfo para Avram Grant continuar no cargo do Chelsea, ele levou o clube a final da Liga dos Campeões enfrentando justamente o campeão inglês, Manchester United e… perdeu nos pênaltis para os Red Devils. Grant acabou não resistindo aos resultados e foi demitido no final da temporada 2007/08.

Voltou para o Portsmouth para ser novamente diretor técnico e como o treinador do clube na época, Paul Hart, foi demitido, Avram Grant assumiu como treinador. Naquela temporada, o tradicional clube caiu para a segunda divisão, mas Grant levou a equipe para final da Copa da Inglaterra. E aí veio sua redenção? Que nada, acabou como vice, ironicamente perdendo para o Chelsea, seu ex-clube.

Foi demitido do Portsmouth e assim passou por West Ham (que foi rebaixado na época) e o Partizan, da Sérvia, mas ele só foi reencontrar uma final de campeonato quando assumiu o comando da seleção de Gana.

Na edição de 2015 da Copa Africana de Nações, Avram Grant fez uma excelente campanha, onde levou Gana a final da competição contra a Costa do Marfim. Mas quem é uma vez azarado sempre será azarado. O jogo empatou durante o jogo normal e assim foi para os pênaltis. Sua seleção chegou a ficar com dois pênaltis de vantagem, porém a Costa do Marfim reagiu e acabou levantando o caneco de campeã do torneio e confirmando assim o quinto vice-campeonato de Avram Grant.

Foto: Reprodução/Twitter