Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Jogadores do Inter comemoram esquema de Aguirre após goleada

O Inter passou fácil por cima do Aimoré, na noite desta quarta-feira (11), no Beira-Rio, em jogo válido pela décima rodada do Campeonato Gaúcho 2015. Os três gols, marcados por Diego Rocha (contra), Eduardo Sasha e Fabrício, porém, foram apenas a cereja do bolo da atuação Colorada. E isso é consenso até entre os jogadores.

Thiago Jacintho
Tudo o que preciso é um papel e uma caneta. Apaixonado por esportes desde 1900 e bolinha: de futebol, basquete, tênis, rugby...

Foto: Jogadores do Inter comemorando gol contra o Aimoré, pelo Gaúchão 2015. Foto: Divulgacao

LEIA MAIS:
Inter goleia Aimoré no Beira-Rio; Veja os gols da partida

Além do placar elástico construído, o Inter teve bastante volume de jogo e uma consistência defensiva convincente, que o fez sentir-se seguro ao longo da peleja. Réver, um dos integrantes da linha de zaga, comentou a noite. “Tão importante quanto o resultado é o modo como a equipe se comportou com três zagueiros. Foi importante a vitória e o fato de sairmos sem sofrer gols”, analisou o defensor.

No ataque, a percepção também foi boa. Um dos artilheiros da partida, Eduardo Sasha, elogiou a parceria com Lisandro López, que na visão dele, foi importante taticamente, ajudando no lance de seu gol. “É um grande jogador, sempre se aproxima da gente. O lance do meu gol foi uma escorada dele”, disse Sasha. “Conseguimos manter bastante a posse de bola, tivemos boas jogadas pelos lados e presença de área. Agora é trabalhar nos treinamentos para usarmos mais essa formação”, reforçou o jovem atacante, empolgado.

A partida contra o Aimoré foi a primeira no ano em que Diego Aguirre usou o esquema 3-5-2. A intenção do treinador era dar mais segurança à zaga, já que a equipe vinha sofrendo muitos gols e demonstrando uma fragilidade acima do aceitável.

O jogo contra o Emelec-EQU, na semana passada, pela Libertadores, foi o divisor de águas nesse sentido. Apesar de a equipe ter saído vencedora, os dois gols que sofreu foram oriundos de jogadas bem tramadas do adversário, realizadas pelo meio da defesa Colorada, como se fosse um treino.

No final de semana, diante do Juventude, Aguirre já alterou o setor, testando o zagueiro Ernando como lateral-direito, no time misto que entrou em campo. Elogiado, o defensor deu a resposta que o treinador queria para tentar o sistema com três zagueiros, sucesso da quarta-feira.

Agora, o Inter enfrenta o Brasil de Pelotas, pelo Gaúchão, no próximo domingo (16). Aguirre deve mandar a campo o time reserva, visando poupar os jogadores para o compromisso da semana que vem, novamente contra o Emelec-EQU, fora de casa.

Foto: Divulgação / SC Internacional