Torcedores – Notícias Esportivas

Assis não descarta Ronaldinho na Major League Soccer: “a Liga está bombando”

No ano passado, antes de negociar com o Querétaro, Ronaldinho Gaúcho viu seu nome ser citado em uma possível transferência para a Major League Soccer. Hoje, infeliz no México, o ex-melhor do mundo mais uma vez aparece como candidato a jogar na Liga dos Estados Unidos.

Paulo Canova
Jornalista Esportivo formado pelo Mackenzie e pela UCLA com passagem pela Rádio Bandeirantes, fundador do perfil Arquivo do Futebol (@futebolarquivo) e jornalista do MLS Brasil. Escreve para o Torcedores.com desde 2014. Twitter: @paulogcanova

Foto: getty

LEIA MAIS:
Juventus troca de fornecedor e renova patrocínio para receber R$ 135 milhões por ano
Opinião: Campanha do Orlando City não deve ser motivo de preocupação
Brasileiro é destaque em jogo de 8 gols na Major League Soccer

LA Galaxy e New York Red Bulls aparecem como opções para contratar Ronaldinho Gaúcho caso ele saia mesmo do Querétaro no meio deste ano. Em 2014, quando o brasileiro foi cogitado para jogar pela equipe de Nova Iorque, o fator comportamental teria sido o motivo da não ida do astro para os Estados Unidos. A imprensa norte-americana na época disse que Ronaldinho não tinha o perfil que a Liga procura quando contrata novos jogadores.

Em entrevista ao Estado de Minas, Roberto Assis, irmão e empresário de Ronaldinho, demostrou total desconhecimento sobre a realidade do campeonato americano ao dizer que a MLS precisa de um jogador do nível de Ronaldinho para “aumentar o interesse dos americanos pelo futebol”, sendo que a Liga possui uma média de público superior a do Campeonato Brasileiro já há 15 anos e diversos jogadores mundialmente conhecidos como Kaká, David Villa, Robbie Keane, Clint Dempsey, Giovinco, Altidore e Obafemi Martins. Em julho, Steven Gerrard chegará para defender o LA Galaxy e Frank Lampard se juntará ao elenco do New York City.

“No futebol tudo pode acontecer, mas não fui procurado por ninguém até agora. O que existe em relação ao Ronaldo e Minas Gerais é que o Atlético ainda nos deve R$ 10 milhões e em nenhum momento pressionamos para receber, pois o Ronaldo tem uma história linda no clube. É claro que precisamos receber, pois é dinheiro de trabalho, de suor, de títulos”, respondeu Assis, que aproveitou para cutucar a diretoria do Atlético Mineiro ao ser questionado sobre o interesse do Cruzeiro.

Mesmo dizendo que a Major League Soccer “está bombando”, ele não descarta que Ronaldinho ainda possa voltar para Belo Horizonte no meio do ano: “Somos profissionais e o Ronaldo ainda tem muita vontade de ganhar títulos. O Cruzeiro é uma grande equipe, mas não nos procurou. O mundo do futebol é muito doido e não descarto nada. De repente, surge uma oportunidade, uma proposta inimaginável, e a gente estuda com carinho”.

Ronaldinho tem 35 anos e não fez o sucesso esperado pelo Querétaro. Foram apenas 4 gols nos 18 jogos que disputou pelo clube desde sua chegada em setembro do ano passado.

Crédito da foto: Getty Images