Veja quais foram os destaques do Mundial Sub-20

A Copa do Mundo Sub-20 chegou ao fim e o titulo ficou nas mãos dos Sérvios. Vamos mostrar, quais jogadores se destacaram e que podem se tornar grandes jogadores daqui pra frente.

Luiz Fiaes
Colaborador do Torcedores

Foto: NEW PLYMOUTH, NEW ZEALAND - JUNE 11: Danilo of Brazil and Nahitan Nandez of Uruguay lead their teams out onto the field during the FIFA U-20 World Cup New Zealand 2015 Round of 16 match between Brazil and Uruguay at Stadium Taranaki on June 11, 2015 in New Plymouth, New Zealand. (Photo by Hagen Hopkins/Getty Images)

GOLEIROS:

O goleiro Sérvio, Predrag Rajkovic, do Estrela Vermelha (SER), foi um dos destaques da final, mas já passava segurança e mostrava categoria nos outros jogos. De acordo com as estatísticas da Fifa, foi quem mais fez defesas difíceis no Mundial. Não à toa, ficou com a Luva de Ouro, o prêmio oficial de melhor goleiro do torneio.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Ibrahima Sy, do Lorient B (FRA), de Senegal, também se destacou no torneio, mas nas semi-finais sofreu uma goleada de 5 a 0 pro Brasil.

Jean, goleiro do Bahia (BRA), e da Seleção Brasileira, é um outro goleiro que se destacou no torneio, começou muito mal, e depois se estabilizou no gol, trazendo confiança para a Seleção Brasileira.

ZAGUEIROS:

O brasileiro Marlon do Fluminense (BRA) fez ótimo Mundial. Conseguiu se impor contra os atacantes adversários, mostrou boa saída de jogo e se entendeu perfeitamente com Lucão. O defensor do São Paulo esteve no mesmo nível e exibiu muita segurança nas partidas da seleção. João Nunes do Benfica (POR) e Domingos do Oliveirense (POR), de Portugal, também foram citados.

LATERAIS:

Não houve consenso na lateral direita. Nomes como Riquicho lateral do Sporting (POR), de Portugal, e João Pedro do Palmeiras (BRA), do Brasil, foram lembrados. Gajic do Young Boys (SUI), da Sérvia, mostrou segurança defensiva e ainda foi uma das principais opções de ataque de sua equipe.

Na lateral esquerda, Jorge do Flamengo (BRA) encantou jornalistas estrangeiros pela habilidade. Também esteve bem na defesa e selou o bom Mundial com um golaço contra Senegal. Rafa, de Portugal, do Sporting Braga (POR) foi outro citado.

VOLANTES:

Neste caso, volante, apenas, Danilo do Sporting Braga (POR) foi unanimidade. O camisa 5 brasileiro liderou a seleção e fez de tudo um pouco: marcou, armou, chutou, correu… Para o jornalista espanhol Axel Torres, o volante estará em breve na Seleção principal.

MEIAS:

O malinês Adama Traoré do Barcelona (ESP), surpreendeu e brilhou. Comandou sua seleção, que terminou em terceiro lugar, e fechou sua participação com atuação de gala: dois gols e uma assistência na vitória por 3 a 1 sobre Senegal. É alto, canhoto e joga com muita elegância. Foi escolhido o melhor jogador do torneio pela Fifa.

Outro meia que se destacou foi o brasileiro naturalizado português Rony Lopes do Lille (FRA) foi uma das referências de uma seleção que poderia ter chegado mais longe se tivesse mais sorte. Mas tiveram outros destaques como o sérvio Milinkovic do Genk (BEL), os brasileiros Andreas Pereira do Manchester United (ING) e Jean Carlos do Real Madrid (ESP), o alemão Stendera do Frankfurt (ALE) e o senegalês Sidy Sarr do Mbour Petite Côte (SEN).

ATACANTES:

O sérvio Zivkovic do Partizan (SER) mostrou ao longo do Mundial que está pronto para jogar um nível acima em sua carreira. Habilidosíssimo, o camisa 11 da Sérvia foi a referência da equipe jogando aberto pela direita. Contra o Brasil, criou a maioria dos lances de perigo de sua equipe.

Quem também mostrou personalidade foi o brasileiro Gabriel Jesus do Palmeiras(BRA). Aos 18 anos, o camisa 10 do Brasil não sentiu o peso da competição. Jogou leve e foi sempre a referência ofensiva da seleção, com belos dribles e jogadas.

Por fim, o português André Silva do Porto B (POR) foi o centroavante desta seleção. Apesar de ter perdido gols contra o Brasil, o camisa 9 marcou quatro vezes na competição e mostrou ser bastante versátil: é alto, mas tem velocidade e sabe se combinar com os companheiros.

Foto: Getty Images