Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Flamengo desencanta, bate Chapecoense e deixa Z-4 do Brasileiro

Os 20.156 torcedores que foram ao Maracanã nesse sábado não viram um espetáculo de futebol, tampouco não se empolgaram com a atuação do Flamengo. Mas o que importava nesse momento eram os três pontos, que vieram com a vitória sobre a Chapecoense por 1 a 0, a primeira dos rubro-negros, que jogaram grande parte do segundo tempo com um jogador a mais, no Campeonato Brasileiro. O gol marcado por Gabriel fez o time de Cristóvão Borges ir aos quatro pontos e estacionar na 16ª posição, provisoriamente fora do Z-4.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Gilvan de Souza/Fla Imagem

LEIA MAIS:
Emerson Sheik está próximo de ser o substituto de Alecsandro no Flamengo

Foi o primeiro triunfo de Borges no comando do Urubu, que agora terá que ‘secar’ os concorrentes Figueirense, Coritiba, Vasco e Joinville ao término da rodada para não voltar na ‘zona da confusão’, como se referia o ex-técnico do Fla, Vanderlei Luxemburgo.

O Flamengo volta a campo pelo Brasileirão no próximo sábado para enfrentar o Coritiba, no Couto Pereira, às 16h30 (horário de Brasília). Já o clube de Santa Catarina recebe, em Chapecó, o São Paulo no mesmo dia e horário. A Chapecoense permanece em sétimo lugar, com nove pontos.

O JOGO
A primeira etapa teve um Flamengo nitidamente ansioso, atrás de um gol salvador, enquanto que os visitantes se limitavam a defender, buscando um contrataque. Logo no primeiro minuto, Marcelo Cirino cruzou fechado da direita e o goleiro Danilo saiu de soco para acabar com a jogada.

Aos 5 minutos, Luiz Antonio bateu falta para Eduardo da Silva, que cabeceou com perigo. Um minuto depois, Wallace subiu no terceiro andar, mas acabou cabeceando para fora. Aos 21 minutos, a Chapecoense chegou com perigo pela primeira vez com Bruno Silva, que exigiu defesa importante de Paulo Victor.

Aos 23 minutos, o Fla voltou a assustar no ataque com Marcelo Cirino. O atacante recebeu passe preciso de Gabriel, mas não conseguiu concluir a gol. A presão seguia e, aos 32, Jonas chutou de longe, a bola desviou na zaga catarinense e sobrou para Eduardo da Silva, que desperdiçou ótima chance.

Na volta do intervalo, quem dava as cartas ainda era o clube da Gávea. Aos 6 minutos, Gabriel teve ótima oportunidade, mas acabou parando na zaga dos catarinenses. Um minuto depois, Marcelo Cirino não conseguiu aproveitar cabeçada. Aos 14 minutos, Gabriel chutou com grande perigo no gol de Danilo, mas o placar teimava no 0 a 0.

Tudo começou a mudar aos 16, quando o zagueiro Vilson agarrou Cirino, que corria em direção ao gol, e acabou expulso de campo. A vantagem numérica foi determinante para os cariocas encurralarem de vez os visitantes. Aos 18 minutos, Gabriel se aproveitou de saída desastrosa de Danilo, que rebateu no pé do atacante do Flamengo. O camisa 17 emendou de primeira da entrada da área para marcar o único gol do jogo. Festa da nação rubro-negra.

Reveja o gol de Gabriel!

Após o gol, o time de Cristóvão continuou melhor, mas levou susto aos 41 minutos com chute fortíssimo de Apodi para excelente defesa de Paulo Victor. Nos minutos finais, o Fla segurava a bola querendo o final da partida. Quando o apito foi ouvido, a torcida flamenguista pôde, enfim, saborear a primeira vitória no Brasileirão.

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem