Juninho Paulista, o maior brasileiro que jogou na Inglaterra

Em um futebol marcado pela força física e pelas jogadas aéreas, quem diria que um jogador de estatura baixa e físico magro conseguiria se tornar uma lenda? Pois esse é o caso do meia Juninho Paulista (recebeu esse apelido após passar pelo Vasco da Gama para se diferenciar do outro Juninho, o Pernambucano), ídolo no Middlesbrough.

Glauco Costa
Colaborador do Torcedores

Crédito: Getty Images

LEIA MAIS:
Neymar fala sobre o 7 a 1: “Eu não me incomodo”
Sobre o 7 a 1, Pelé afirma: “Só mudou o técnico”
3 lições que o Brasil poderia ter aprendido com o 7 a 1, mas ainda ignora
Parreira é criticado por defender a CBF em programa de TV
Parreira admite que carta de Dona Lúcia após o 7 a 1 era “totalmente descartável”

O motivo de tanta adoração é simples: título, boas atuações e ajudar a mudar a história do clube. Chegando ao clube inglês em 1995, Juninho teve diante de si a missão de fazer a equipe chegar a Premier League e conseguiu. Com excelentes atuações, o meia se destacou e colocou o Middlesbrough na elite do futebol inglês.

Esse feito certamente serviu para marcar sua passagem pelo clube, mas não foi o seu ápice, que só veio na última vez em que vestiu a camisa dos Boro por ajudar na campanha do Copa da Liga Inglesa, em 2004, corando, com chave de ouro o seu adeus ao local que o colocou com o melhor brasileiro da história do futebol inglês, segundo o jornal The Sun.

Juninho tinha apenas 1,67 metros e não chegava aos 70 kilos, mas quem disse que o futebol precisa que se preencham todos os requisitos exigidos em outros esporte para brilhar? Juninho era fora dos padrões do futebol jogado na Inglaterra, mas com um talento igualmente fora do normal fez história.

Foto: Getty Images