Veja 3 motivos para acreditar que o Atlético-MG chegará à liderança do Brasileirão

Crédito da foto: Bruno Cantini/CAM

O Atlético-MG enfrenta o Coritiba às 21h desta quarta-feira (1º) pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. O Galo briga pela liderança da competição e até agora mostrou ser um candidato forte ao título nacional, que não acontece desde 1971, na primeira edição com esse nome. E o torcedor está otimista: contra o Joinville, domingo (28), 56 mil atleticanos foram ao Mineirão, batendo o recorde de público do Brasileirão.

LEIA MAIS
Atlético-MG tem diversos artilheiros no Brasileirão. Confira quem balançou as redes
Mineirão registra maior público do Brasileirão em Atlético-MG x Joinville: 56 mil

Melhor ataque com 19 gols; segundo time que mais finaliza certo a gol, com média de 5,8 por jogo; além da equipe que leva menos cartões amarelos, com apenas 14 em nove partidas, o Atlético tem tudo para chegar logo ao topo da tabela. O Torcedores.com mostra três motivos para o fã acreditar de que a liderança pode acontecer já ao final desta rodada. Confira:

1) O líder Sport tem um jogo duríssimo diante do Internacional

O Rubro-Negro de Pernambuco recebe o Inter às 19h30, um pouco antes do duelo atleticano. Mesmo atuando na Ilha do Retiro, o Sport deverá ter dificuldades contra o semifinalista da Libertadores, e que vem de vitória apertada, mas valorizada, diante do Santos na rodada anterior. Há uma chance razoável de tropeço, e caso o Galo fazer sua parte, enfim alcançará a primeira posição.

2) O Coritiba vem na zona de rebaixamento e não terá Kleber Gladiador

Adversário desta noite, o Coritiba está em 18º lugar com sete pontos, na zona de rebaixamento. Apesar do técnico Ney Franco estar arrumando o melhor jeito de jogar do Coxa, onde até venceu o Cruzeiro no último domingo (28), o time paranaense não terá Kleber Gladiador no comando de ataque. O atacante será desfalque para aprimorar a forma física para poder entrar em condições de jogo mais aceitáveis. Além disso, os sulistas atuarão fora do “alçapão” Couto Pereira.

3) A torcida “abraçou” o time

Que a torcida do Atlético-MG é uma das mais apaixonadas do Brasil, ninguém tem mais dúvidas. Só lembrar dos exemplos das conquistas da Libertadores de 2013 e a Copa do Brasil de 2014, onde os loucos pelo Galo fizeram toda a diferença. Contra o Joinville, em um domingo às 11h, quase 56 mil pessoas acompanharam a vitória por 1 a 0, o que representou um recorde do Nacional. Diante dos paranaenses nesta noite no Independência, o apoio não deve ser diferente. A pressão contra o Coritiba será enorme e os mineiros terão o torcedor como 12º jogador no gramado para buscar essa sonhada liderança.

Crédito da foto: Bruno Cantini/CAM

* Curtiu esta matéria? Siga o autor no Twitter: @marciodonizete



Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Foi repórter colaborador e hoje é líder da comunidade de colaboradores juniores, plenos e seniores no site Torcedores.com.