Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Jogadores do Atlético-MG voltam a criticar arbitragem na derrota para o Figueirense

A arbitragem voltou a ser assunto pelos lados do Atlético-MG. Eliminado da Copa do Brasil para o Figueirense no Orlando Scarpelli nesta quarta-feira (26), a equipe jogou boa parte do jogo com um jogador a menos, já que Leonardo Silva foi expulso pelo árbitro paulista Vinícius Furlan. A exclusão do camisa 3 atleticano e o lance do gol da vitória do Figueira foram contestados pelos jogadores do Galo.

Márcio Donizete
Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade de TV. Foi repórter colaborador, líder de colaboradores e editor no Torcedores.com. Apresenta o Lente Esportiva ABC em lives no Facebook e Youtube.

Crédito: Crédito da foto: Reprodução/SporTV

LEIA MAIS
Atlético-MG cai para o Figueirense na Copa do Brasil e vira piada na internet; confira memes
Atlético-MG: com artilheiro Pratto confirmado, Levir relaciona 21 para duelo com o Figueira

“‘Tá’ louco, tem que ter vergonha na cara. Não dar uma falta dessa no Douglas (no segundo gol do Figueirense), expulsar o Léo Silva… Tem que ver isso aí logo, porque está difícil, Na cara dura. Vamos ver o que a diretoria vai fazer”, disparou o volante Leandro Donizete após o apito final em Florianópolis.

Outro que não poupou críticas ao juiz foi Rafael Carioca. “Cara [Marcão, autor do tento do triunfo catarinense] empurrou, todo mundo viu. Sempre (a arbitragem) é contra o Atlético-MG”, reclamou o volante do Alvinegro de Minas. “Vou falar nada, não. Expulsar o nosso jogador no começo do jogo é f…”, resumiu o atacante Luan, que também não gostou da atuação de Furlan na condução da partida.

O zagueiro Edcarlos, autor do único gol do Atlético em Floripa, criticou o tempo de acréscimo, mas enfatizou que o time não teve competência para vencer. “Os caras fizeram o gol e demoraram tanto tempo para reiniciar o jogo, além do excesso de cera no final. Ele deu pouco tempo de acréscimo. Mas está valendo, não tem que chorar”, disse.

Agora as atenções dos mineiros são exclusivamente no Campeonato Brasileiro. Os comandados de Levir Culpi voltam a campo domingo (30), às 16h, contra o Fluminense, no Maracanã.

Crédito da foto: Reprodução/SporTV

As melhores notícias de esportes, direto para você