Maicon nega marcação especial a D’Alessandro no GreNal

Após três jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro, o Grêmio tem pela frente um adversário duríssimo, o Internacional pela 17ª rodada do Brasileirão, e o principal jogador do clube rival é um especialista em clássicos. Mesmo assim, o volante Maicon, capitão tricolor nega que ele terá ‘atenção especial’ da zaga Tricolor. Em entrevista, jogador ressaltou que a equipe cria, mas peca nas conclusões.

Jackson Crizel
Estudante de Geografia, entretanto, apaixonado por Jornalismo Esportivo. No Torcedores.com, escrevo sobre o Esporte Gaúcho em diversas modalidades. Além disso, falo sobre Futebol Feminino, NFL e Automobilismo

Crédito: Foto: Getty Images

“É um jogo especial, mas também não é o fim do campeonato. Vamos entrar para vencer. Podemos voltar a ganhar e termos uma boa sequência para não nos distanciarmos do G-4. A indignação que falamos é pelas chances que criamos, mas não colocamos a bola na rede. Ruim seria jogar só nos defendendo, buscando uma bola. Marcamos e jogamos, mas não estamos conseguindo fazer o gol”, disse Maicon.

Ele também avaliou os erros de finalização do Grêmio: “Estamos tendo as oportunidades e estamos trabalhando nos treinos. Depois dos jogos a gente conversa e diz que os gols irão voltar, tínhamos um volume muito alto e tranquilidade. Temos que trabalhar, que a bola vai entrar no gol do adversário.”

Questionado sobre a tal marcação especial ao “argentino-colorado”, Maicon disse que está preocupado na sua equipe.

Crédito da foto: