Resistente a mudanças, José Aldo sugere Barão nos pesos-pena

Colega de Renan Barão na academia Nova União, José Aldo opinou sobre a mudança de categoria do amigo. Após ver o potiguar ser nocauteado em duas oportunidades para o norte-americano TJ Dillashaw, o campeão do peso-pena sugeriu que ele o acompanhe no UFC.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Facebook Oficial - José Aldo

“Primeiramente a gente tem que ver o que é melhor para o Barão, ele é um garoto que sofre bastante para bater o peso, pois é muito forte para categoria, então isso gera uma dificuldade muito grande. Espero, sim, que ele suba de peso, mas independente de onde ele esteja, vou torcer para o Barão sempre”, disse Aldo a jornalistas após o UFC 190.

LEIA MAIS: Treinador afirma que Barão vai mudar de categoria

Barão lutou boa parte de sua carreira na mesma categoria de Aldo, de até 66 kg. Quando assinou com o WEC, antes de ir para o UFC, resolveu mudar para o peso-galo (até 61 kg). Os constantes problemas com peso fizeram o atleta refletir sobre a carreira.

O assunto foi comentado também pelo treinador Dedé Pederneiras. “É real a chance do Barão subir de peso, essa realidade existe. Só não sei se para a próxima luta porque ainda não conversamos. Essa ideia existe há algum tempo”, disse ao blog “NA grade do MMA”, do portal UOL.

“Primeiramente a gente tem que ver o que é melhor para o Barão, ele é um garoto que sofre bastante para bater o peso, pois é muito forte para categoria, então isso gera uma dificuldade muito grande. Espero sim que ele suba de peso, mas independente de onde ele esteja, vou torcer para o Barão sempre”, finalizou Aldo.