Confira análise da imprensa sobre os erros de arbitragem contra o Palmeiras

reproducao

Os erros de arbitragem na derrota do Palmeiras para o Goiás, na noite da última quarta, por 1-0, no Serra Dourada, não passaram despercebidos pela imprensa. Gol de Lucas Barrios e pênalti em chute do paraguaio são os principais pontos abordados pela mídia.

LEIA MAIS
Comentarista da ESPN detona dirigentes reclamões contra a arbitragem: “são todos hipócritas”
Apresentador de rádio tira sarro do Corinthians ao vivo

Muitas foram as oportunidades do Palmeiras na partida contra o Goiás. A equipe criou algumas possibilidades de gol, mas não conseguiu concluir com êxito na meta de Renan. Quando conseguiu, no entanto, parou no apito do árbitro ou na bandeirinha do auxiliar. O Goiás, que nada tinha a ver com a história, aproveitou uma de suas chances num belo gol de Bruno Henrique.

“Arbitragem prejudica o time”, disse o jornal Folha de S.Paulo, na linha fina da matéria sobre o jogo. “O Palmeiras ainda terminou a etapa reclamando de um gol mal anulado – foi dado impedimento que não houve – e de um pênalti igualmente não assinalado, num lance em que Barrios chutou e Gimenez desviou a bola com o braço”, escreveu O Estado de S. Paulo, nesta quinta-feira.

Na mídia online, o Globoesporte.com classificou a arbitragem como “polêmica”. O Lance!net, por sua vez, não apenas colocou em sua manchete que o Palmeiras teve “gol mal anulado” como também destacou as muitas chances de gol perdidas na partida. Já o UOL comentou as reclamações dos palmeirenses, sem, no entanto, afirmar se realmente houve ou não erros de arbitragem.

Na TV, no programa “Jogo Aberto”, da BAND, o comentarista e ex-jogador Denílson criticou veementemente os erros de arbitragem de Leandro Vuaden. “Arrebentaram com ‘nóis'[Palmeiras]”. Na ESPN, o ex-árbitro Salvio Spinola analisou a jogada apontando como “mal anulado” o gol legítimo de Lucas Barios.

Veja abaixo galeria de fotos com as principais manchetes da derrota do Verdão.