Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Há sete anos, goleiro alemão Oliver Kahn se despedia do futebol

No dia 0 de setembro de 2008,o lendário goleiro alemão Oliver Kahn se despedia do futebol profissional em um amistoso entre  Bayern de Munique e a Seleção Alemã (que terminou empatado em 1 x 1).

Ellen Camargo
Ellen Camargo,futura jornalista, apaixonada por esportes em geral.

Crédito: Getty Images

Ele iniciou sua carreira aos 18 anos, jogado pelo time de  Karlsruhe (clube de sua cidade natal) e fez sua estreia na Bundesliga aos 21 anos de idade, quando começou a ser notado por outros grandes clubes da Alemanha. Desde cedo, Oliver Kahn mostrou ser um goleiro promissor,ao fim de três temporadas, já era considerado um dos melhores do país. Assim, em outubro de 1993, quando tinha 24 anos, foi convocado pela primeira vez para a Seleção Alemã, embora não tenha chegado a entrar em campo.

No ano seguinte foi convocado para participar da Copa nos Estados Unidos, mas ficou no banco de reservas. Na temporada 1994/1995, Oliver Kahn deixou o Karlsruher para assinar contrato com o Bayern de Munique (transferência foi a mais cara envolvendo um goleiro),onde anos mais tarde se tornaria um dos maiores ídolos da torcida bávara.

Em junho de 1995 conseguiu finalmente representar pela primeira vez a Seleção da Alemanha, em um jogo contra a Suíça. Na Eurocopa de 1996 realizada na Inglaterra e na Copa de 1998 na França, acabou ficando na reserva. Só quando o goleiro titular da seleção, Andreas Köpke, anunciou a sua aposentadoria da seleção após a Copa do Mundo de 1998, é que Oliver Kahn teve a oportunidade de assumir a titularidade da Alemanha. Teve a sua melhor fase na carreira em 2000, sendo eleito o melhor jogador do Campeonato Alemão e o melhor goleiro da Europa. Em 2001/2002, depois de conquistar pelo Bayern Munique o quarto título Alemão, venceu também a Liga dos Campeões da UEFA. 

Na Copa do Mundo de 2002, disputada no Japão e na Coreia do Sul, Kahn conseguiu um feito inédito pois foi o primeiro goleiro a ser considerado o melhor jogador da competição. Oliver Kahn, em excelente forma, foi o principal responsável pela chegada da Alemanha à final da Copa, mas acabou perdendo para o Brasil. As suas boas atuações o levaram em dezembro de 2002 a ser eleito pela FIFA o segundo melhor futebolista do ano, atrás do brasileiro Ronaldo.

Na sua partida de despedida realizada na Allianz Arena foi aclamado por mais de 70 mil torcedores ao ser substituído aos 30 minutos do segundo tempo. Oliver Kahn tinha fama de encrenqueiro,mas certamente deixou sua marca na história do futebol,com suas defesas incríveis e com seus vários títulos conquistados ao longo da carreira.

Títulos:
Bundesliga: 1996/97, 1998/99, 1999/00, 2000/01, 2002/03, 2004/05 e 2005/06
Copa da Alemanha: 1998, 2000, 2003, 2005, 2006
Liga dos Campeões da Europa: 2000/01
Copa da UEFA: 1996/97
Mundial Interclubes: 2001

Crédito da foto: