Cinco vezes em que D´Alessandro demonstrou todo o seu amor pelo Inter

O caso de amor que a torcida colorada vive desde 2008 com o argentino Andrés Nicolás D´Alessandro é recíproco. Por diversas ocasiões, o camisa 10 do Inter demonstrou todo o seu carinho pelo clube e até mesmo aquele antigo sonho de encerrar a carreira no River Plate, equipe que o formou, foi se perdendo pelo caminho. D´Ale quer ficar em casa até os seus últimos dias como atleta profissional. E já faz tempo que sua casa é o Beira-Rio.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Site Inter.

MAIS D´ALESSANDRO:

Cinco vezes em que D´Alessandro surtou pelo Inter

D´Alessandro se emociona em discurso na Câmara de Vereadores de Porto Alegre; assista

Embalado pela grande repercussão que teve a entrevista de D´Ale para a Revista do Inter divulgada nesta terça no site oficial do clube, o Torcedores.com pega carona e relembra aos leitores cinco oportunidades em que o meia demonstrou seu amor pelo Internacional.

1° – “Se pudesse, ficaria aqui para sempre” (novembro de 2015)

Em entrevista concedida à Revista do Inter e republicada pelo site oficial do clube nesta terça, D´Ale falou do carinho que recebe do povo gaúcho e da sua relação com o time que o acolheu em 2008. Segundo ele, caso dependesse apenas de sua própria vontade, ficaria no Inter para sempre.

“Se eu pudesse, ficaria pra sempre, mas tem uma hora que não vou conseguir mais me mexer. De repente, pode ser medo. Nunca parei pra pensar. Se eu parar pra pensar, neste momento, vou sofrer. Já vou sofrer no momento que acontecer e já vai ser ruim, não vou começar a sofrer agora. Mas o tempo passa e cada dia falta menos”, disse.

2° – “Tu estás preparado para deixar o Inter? Não” (abril de 2014)

Em abril de 2014, D´Ale participou do programa Os Donos da Bola – RS, da TV Bandeirantes, e além de marejar os olhos ao ser perguntado sobre uma possível saída do Inter, foi direto na resposta: “Não. Não estou preparado para sair”. Confira no vídeo abaixo.

 

3° – “Fica D´Alessandro” (janeiro de 2012)

Os chineses desceram a carga para levar D´Alessandro no início de janeiro de 2012, mas o argentino deixou o amor pelo Inter falar mais alto, ouviu a família e os torcedores e recusou uma proposta do Shanghai Shenhua, que ofereceu um salário de 10 milhões de euros (R$ 26 milhões) por dois anos de contrato. No primeiro jogo da fase de pré-Libertadores daquela temporada, em que o Inter fez 1×0 no Once Caldas no Beira-Rio, a torcida gritou em peso “Fica D´Alessandro”, e ajudou a evitar que aquele fosse o último jogo do gringo pelo clube.

“Teve a proposta, claro que teve e eu não vou mentir. Decidi ficar, fiz um balanço com a minha família. Eu recebi a proposta em janeiro e recebi há pouco. Eu estou num clube muito bom, estou muito feliz de ainda ter esse reconhecimento de fora. Mesmo que seja na China ou em um país árabe. Estou tranquilo e a minha família está bem, foi uma decisão das melhores”, disse, na época.

4° – Lágrimas ao falar do Inter (março de 2014)

Em março de 2014, D´Alessandro não conteve a emoção ao falar sobre o Inter durante a premiação de melhor jogador estrangeiro do Brasileirão de 2013 – prêmio EFE.

“Difícil falar do Inter… Um clube que me acolheu em 2008, que me deu tudo, que deu tudo para a minha família. Muitas coisas importantes vivi aqui no clube, são muitos títulos conquistados. Muitas batalhas ganhas, algumas perdidas também”, destacou. Veja a partir do minuto 2:30 no vídeo abaixo.

 

5° – Emoção no primeiro gol do novo Beira-Rio (abril de 2014)

Na partida de inauguração oficial do novo Beira-Rio, D´Ale foi o dono do jogo e fez os dois gols da vitória colorada por 2×1 sobre o Peñarol, do Uruguai. No primeiro gol, após linda cobrança de falta, sobrou espaço para a emoção. Confira:

Crédito da foto: Site Inter.