Mercado da Bola: Marcelo Cirino interessa a São Paulo, Santos, Internacional e Grêmio

O atacante foi um dos afastados pela diretoria do Flamengo após participar de uma festa na véspera do treinamento realizado quarta-feira de manhã no Ninho do Urubu. Marcelo Cirino tem ofertas e pode deixar o rubro-negro na próxima temporada.

Allan Abi Madi
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Divulgação/ Flamengo

LEIA MAIS:
Mercado da Bola: Everton tem proposta para sair do Flamengo
Conforme súmula, árbitro expulsou Guerrero sem entender os gestos feitos pelo atacante
Brasileirão: confira a classificação do segundo turno
Brasileirão: Saiba quem são os cinco maiores artilheiros em 2015

Oswaldo de Oliveira e a diretoria do Flamengo podem reintegrar ao grupo, nessa semana, Alan Patrick, Paulinho, Everton, Pará e Marcelo Cirino, afastados, a princípio por tempo indeterminado.

A ideia é melhorar na tabela do brasileirão e não desvalorizar os jogadores que devem ser negociados para próxima temporada. Após o afastamento, alguns times do Brasil e de fora procuraram o clube com sondagens e ofertas pelos jogadores, querendo aproveitar o afastamento para tentar um negócio mais barato.

O primeiro a receber oferta foi o meia Everton. Veja: Mercado da Bola: Everton tem proposta para sair do Flamengo.

Agora, surgiram ofertas de clubes brasileiros interessados em contar com o atacante Marcelo Cirino. O camisa 7 rubro-negro interessa ao São Paulo, Santos, Internacional e Grêmio, segundo informação dos seus representantes e confirmada na reportagem do jornal extra.

O Flamengo confirmou a consulta e avalia jogadores que podem ser envolvidos em uma troca pelo atacante. O primeiro nome falado na gávea foi o do meia-atacante Michel Bastos. Agora também surge o nome do volante Maicon, emprestado pelo São Paulo ao Grêmio.

Após mais uma polêmica que botou o Flamengo no noticiário, não por causa do futebol apresentado em campo, mas pela festa de alguns jogadores, o clube deve optar por negociar Marcelo Cirino.

Foto: Divulgação/Flamengo

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: @allanmadi