Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Henry explica o segredo de Guardiola

Lenda do Arsenal e carrasco da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2006, o hoje comentarista da Sky Sports, Thierry Henry explicou de forma bem clara algumas ideias de Pep Guardiola, do tempo em que jogou sob seu comando no Barcelona.

Daniel Cunha
Formado em Publicidade pela Metodista, apaixonado por esportes e Palmeiras desde criancinha! Por uma comunicação interessante e imparcial.

Crédito: Reprodução | Facebook Oficial Thierry Henry

De acordo com o UOL, o atual técnico do Bayern de Munique é extremamente exigente com o posicionamento. A primeira regra é que os pontas joguem nas linhas laterais do campo em seus primeiros dois terços de toda a extensão do campo, sem haver inversão entre os lados direito e esquerdo. Conforme o time avançar pelo centro, os meias podem tocar a bola com mais espaço e abertura até chegar na área.

Exigindo que os jogadores permaneçam em suas posições, a tática serve para que os companheiros saibam exatamente onde encontrar os demais colegas de cada posição. A estratégia se inverte no último terço do campo, onde os pontas entram em diagonal e atacam nas subidas por trás da defesa adversária. Dessa forma, os companheiros ficam livres e os defensores da outra equipe têm dificuldades para conter seus avanços.

A base do trabalho de Guardiola se resume a posicionamento, posse de bola e controle do jogo.

Em uma partida contra o Sporting Lisboa, pela Liga dos Campeões, sem funções na parte esquerda do campo, o ex-camisa 14 correu para o lado direito para fazer tabela com Messi. Apesar do gol na primeira etapa, Henry foi sacado pelo técnico por descumprir sua parte no posicionamento. Segundo Henry, parte da filosofia do comandante se resumia ao que Pep disse quando chegou ao clube: “Meu trabalho é levá-los até o último terço do campo. O trabalho de vocês é terminar o trabalho”.

Segundo o francês, a exigência de a obediência técnica ser cumprida à risca é característica também do veterano Louis Van Gaal, técnico do Manchester United e ex-comandante da Seleção Holandesa na Copa do Mundo de 2014.

Reprodução | Facebook Oficial Thierry Henry