Ao contrário de Andrés, Edu Gaspar mostra otimismo na permanência de Ralf

Diretor de futebol do Corinthians, Edu Gaspar divergiu de Andrés Sanchez, superintendente do clube, e acredita na renovação contratual do volante Ralf. Na última segunda-feira, o ex-presidente alvinegro se irritou com os agentes do jogador e mostrou pessimismo na permanência do camisa 5.

Rafael Alaby
Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Crédito: Divulgação/SCCP

LEIA MAIS:
Irritado com agentes de Ralf, Andrés Sanchez já fala em adeus do volante corintiano
Corinthians e Atlético-MG dominam a seleção do Campeonato Brasileiro; confira

Edu Gaspar aguarda reunião com os empresários de Ralf nas próximas semanas para tentar sacramentar a prorrogação do vínculo.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

“Estou otimista, mas vamos esperar. Quem sabe nas próximas semanas a gente consiga acertar tudo isso”, disse o diretor durante evento, em Itu, de acordo com o site Globoesporte.com.

As conversas entre Corinthians e Ralf se alongam há mais de um mês. O atleta de 31 anos tem contrato até o final de dezembro. As duas partes já acertaram o tempo de contrato, porém, o valor das luvas e salários impedem que o acerto saia.

Edu Gaspar também avaliou o grupo do Corinthians e elogiou a postura de alguns jovens jogadores no final da temporada.

“Falta pouco para terminar o ano, e de uma forma positiva. Temos atletas que evoluíram muito, como Rodriguinho, Lucca, Yago, atletas que no fim da temporada nos deram uma resposta bem legal”, disse.

O dirigente enfatizou que a prioridade alvinegra é manter o elenco hexacampeão brasileiro para a próxima temporada antes de anunciar reforços.

“Nós estamos contentes com nosso elenco, não só com os principais atletas, mas o elenco em si. A ideia que o clube está passando, o Roberto, nosso presidente, e o Andrés, é a manutenção do máximo de atletas possível. Entendemos a dificuldade, mas vamos tentar passar por isso porque temos uma Libertadores, é importante”, completou.

foto: Divulgação/Corinthians