Barcelona x River Plate – análise de Neymar na partida

Crédito da foto: Reprodução/Facebook Oficial Barcelona FC

Final de mais um Mundial de Clubes da FIFA, e Neymar levou o caneco pela primeira vez. Após disputar a final do campeonato em 2011 pelo Santos, naquela famosa “aula de futebol” dada pelo clube catalão, dessa vez Neymar defendeu as cores azul grená, e venceu o torneio. Depois de ficar fora da semi-final, Neymar era dúvida para a finalíssima, mas se recuperou de uma lesão na coxa esquerda e foi confirmado na partida.

LEIA MAIS:

Handebol? Veja o gol polêmico de Messi na final do Mundial

No início do jogo, o craque brasileiro sofreu devido à alta marcação dos argentinos, que impedia com que a bola chegasse ao ataque do Barça. O primeiro tempo de Neymar foi discreto. Não teve a atuação que os torcedores esperam do craque, mas foi eficiente. Apesar de ter poucas oportunidades com a bola no pé na primeira etapa, quando a equipe precisou ele fez a sua parte. Neymar começou a jogada do gol, e ainda deu assistência para Messi. No segundo tempo, Neymar foi mais participativo do que na primeira etapa, foi outro jogador em campo. Neymar quase deu outra assistência para Messi, aos 7 minutos, o craque brasileiro driblou um defensor, podia finalizar mas encontrou Messi, entrando na área, que finalizou fraco, e o goleiro defendeu facilmente. Neymar realmente era outro no segundo tempo, aos 9 minutos teve boa arrancada e enfiou para Messi, novamente, que deu um toque na saída do goleiro, mas a defesa tirou a bola. Neymar voltou realmente impossível na segunda etapa, aos 10 minutos deu uma arrancada daquelas que estamos acostumados a ver. Driblou um, dois, três, quatro jogadores argentinos e quando entrou na área para finalizar foi travado por Balanta. Seria um gol histórico do brasileiro. Genial! Em cruzamento, pareceu que estava colocando a bola com as mãos na cabeça de Suárez, mais um gol, mais uma assistência de Neymar. Mostrou toda a sua categoria e visão de jogo, em um lance que ali, liquidava a partida e dava o título ao clube catalão. Neymar não fez gol, não foi brilhante, mas ajudou a sua equipe. Pode-se dizer que sua atuação só não foi brilhante devido à boa marcação que teve da equipe argentina. O Barcelona ganhou o mundo, e o craque brasileiro teve ótima contribuição para que isso acontecesse, agora resta o craque faturar a bola de ouro. Falta pouco.

Crédito da foto: Reprodução/Facebook Oficial Barcelona FC



Ex-jogador, estudante de marketing, viciado em esportes e apaixonado por futebol.