Ex-Corinthians perde pênalti, mas dá título ao Chennaiyin nos acréscimos

Instagram/Mendoza

Emocionante! Assim foi a decisão da Indian Super League, disputada neste domingo (20), na cidade de Fatorda, onde o Chennaiyin venceu o FC Goa por 3 a 2 e sagrou-se campeão da temporada 2015. Destaque para o colombiano Stiven Mendoza, que marcou o gol do título aos 47 minutos do segundo tempo.

LEIA MAIS:
Opinião: O pior jogador do Corinthians no ano

Esta foi a primeira conquista da equipe comandada pelo italiano Marco Materazzi, que há quatro rodadas do fim estava na última colocação e venceu todos as últimas partidas para se classificar para as semifinais, onde passou pelo Atletico de Kolkata, campeão no ano passado.

Após um primeiro tempo bem disputado com apenas uma chance clara de gol, desperdiçada por Mendoza, na segunda etapa os gols começaram a sair. Aos 9 minutos o arbitro marcou pênalti para o Chennayin, o goleiro Kattimani defendeu a cobrança de Pelissari, mas no rebote o volante tocou para o fundo do gol.

Quatro minutos depois o Goa empatou com Haokip, que aproveitou o cruzamento rasteiro de Romeo Fernandez e completou; Mendoza teve a chance de desempatar em nova cobrança de pênalti, mas Kattimani voou no canto direito e defendeu.

Aos 42 veio o que parecia ser o gol do título do Goa, quando Joffre cobrou falta por baixo da barreira e contou com a falha do goleiro. Mas aos 45 o goleiro Kattimani foi cortar um cruzamento e tocou a bola contra a própria meta e viu o placar empatado.

Quando a prorrogação se aproximava, Mendoza recebeu no um contra um com o zagueiro e após driblá-lo, tirou do goleiro e fez a festa do seu torcedor. O atacante que pertence ao Corinthians terminou a competição isolado na artilharia, com 13 gols.

Crédito da foto: Reprodução/Instagram



Jornalista apaixonado por esportes, principalmente futebol e MMA.