Diante de indefinição do Palmeiras, Jackson começa a escutar outras propostas

Getty Images

Após enviar uma mensagem à diretoria do Internacional dizendo que não iria exercer o direito de compra do zagueiro Jackson, o Palmeiras não enviou uma contraproposta. Diante desta situação, o atleta se vê mais longe do Palestra Itália e começou a analisar propostas de outros clubes. 

LEIA MAIS:
Mercado da bola: Erik, alvo do Palmeiras, é o 2º maior artilheiro Sub-23 do Brasil

O jogador já havia acertado verbalmente com o Verdão as bases salarias e o tempo de contrato, só que o clube paulista não quer investir os R$ 2,5 milhões que o Internacional exige. Mesmo que, Argel Fucks deseje contar com o atleta para 2016, a diretoria gaúcha conversou com os representantes do jogador e mostrou-se disposta a fazer a vontade de Jackson. Porém, o Palmeiras avisou que só volta a conversar se for procurado.

“Nossa posição é muito concreta. Comunicamos oficialmente o Inter que não temos interesse em executar o valor de opção de compra que está documentado. Agora, a bola está com o Inter. Eles que criem cenários para avançar ou encerrar a negociação. Não temos resposta nenhuma do Inter, nem sobre redução do valor ou da composição de jogadores. Se eles pensarem de outra forma ou mudarem o valor, a operação pode ser reaberta”, avisou Cícero Souza, gerente de futebol do Palmeiras, à Rádio Globo.

Desde a sua chegada ao time alviverde, o zagueiro disputou 37 partidas e marcou três gols.

Crédito da foto: Getty Images



Estudante de Jornalismo da Universidade Anhembi Morumbi. Apaixonado por futebol e fã do Bayern de Munique. E um admirador do bom jornalismo.