Faustão detona a gestão do futebol brasileiro: “esgoto a céu aberto”

Foto: Reprodução/Rede Globo

Fausto Silva, apresentador da Rede Globo, participou nesta segunda-feira do programa “Esporte em Discussão”, da Rádio Jovem Pan, criticou a gestão do futebol brasileiro e explicou por que assinou o manifesto contra a CBF que pede entre outros pontos a convocação de novas eleições livres e democráticas na entidade.

LEIA MAIS:
#OcupaCBF: saiba quem assinou a lista do manifesto que conta apenas com seis jogadores em atividade
Relembre momentos curiosos de Galvão Bueno em 2015

“Todos sabem que estamos atrasados…O presidente do São Paulo (Leco) tem razão quando diz que o mundo mudou e mudou muito. O que não melhorou, mas sim piorou, foi a gestão do futebol. É idêntica a gestão pública, que é um esgoto a céu aberto. Ou a sociedade brasileira toma um jeito nisso ou não tem mais o que fazer! Eu fiz a minha parte”, disparou.

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o ‘Leco’, também participou do programa e Faustão aproveitou para lhe fazer uma pergunta, revelando que o Tricolor é o time do coração de seus filhos.

“Eu como jornalista e repórter tenho a preocupação que o São Paulo – que sempre estava mais próximo do clube empresa, da elegância – de repente vai pro mesmo ‘caldeirão’ dos outros. Será que isso é reversível, tem jeito de virar? Presidente você consegue virar esse jogo?”, questionou o apresentador da Globo.

“Em toda sua observação você identifica uma conduta, tradição, compromisso nosso, e estamos buscando recuperar sim. Acredito que isso seja possível. O clube procurará sim – assumo esse compromisso com todos e com você – se reencontrar”, respondeu Leco.

Vale lembrar que Faustão iniciou a sua carreira na imprensa esportiva, sendo repórter da Jovem Pan, nas décadas de 70 e 80. A emissora lhe fez uma homenagem reproduzindo trechos de entrevistas históricas. “Foi uma época maravilhosa da minha vida, sou eternamente grato à toda família Jovem Pan. O rádio é muito mais difícil do que a televisão, tem que trabalhar com a imaginação”, relembrou Faustão.

Foto: Reprodução/Rede Globo

 



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)