Gremista na infância, Tite diz que atualmente “identificação” com o Corinthians é maior

Foto: Divulgação/Agência Corinthians

Gaúcho de Caxias do Sul, Adenor Bachi, o Tite, nunca escondeu o seu lado gremista durante a sua infância. Mais tarde, como treinador profissional de futebol, teve a oportunidade de dirigir o Grêmio e o levou ao título da Copa do Brasil de 2001 e às semifinais da Libertadores de 2002. Mas, atualmente, o seu lado corintiano é mais forte.

MAIS NOTÍCIAS:

10 jogadores ESQUECIDOS no Palmeiras que serviriam à dupla Gre-Nal

10 vezes em que Valdívia mostrou que é o mito das montagens

Em entrevista ao programa Boa Noite Fox, do canal FoxSports, o jornalista Paulo Vinícius Coelho perguntou a Tite se a identificação com o Corinthians já era maior que o seu lado gremista. Direto, o técnico respondeu: “Sim, é maior. E vou te dizer mais: identificação por pessoas também”.

Atualmente, Tite está na sua terceira passagem pelo Corinthians. Na primeira delas, fez uma razoável temporada em 2004 e ficou poucos meses no ano seguinte. Em 2010, retornou ao clube e deu início ao trabalho que culminaria com os títulos brasileiro de 2011, bem como a Libertadores e o Mundial de 2012.

Depois de sair no final de 2013, o técnico não trabalhou em 2014 e aproveitou o tempo livre para estudar e se aperfeiçoar. Na volta ao Corinthians nessa temporada, foi o grande mentor do time que bateu recordes atrás de recordes na conquista do Brasileirão.

Divulgação/Corinthians.



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.