Palmeiras expõe taça da Copa do Brasil na Prevent Senior e corre riscos judiciais

Divulgação/CBF

O Palmeiras segue expondo a taça de campeão da Copa do Brasil em seus patrocinadores, mesmo após a notificação da Traffic Sports e da Klefer, empresas detentoras dos direitos comerciais da competição. Ambas alegam que tanto o Verdão quanto a Crefisa e a FAM, patrocinadoras do clube que expuseram o troféu na última semana, “violaram direitos privativos”. Nesta segunda, a taça esteve exposta na Prevent Senior. O mesmo acontecerá na quarta, dia 23.

LEIA MAIS
Palmeiras, Crefisa e FAM são notificados por exposição ilegal da taça da Copa do Brasil
Mercado da bola 2016: Edu Dracena está MUITO PERTO de acertar com o Palmeiras
Real Madrid faz 10 gols, mas quem chama a atenção é o PALMEIRAS; entenda

Parece que o imbróglio entre Palmeiras, seus patrocinadores e as empresas Traffic Sports e Klefer está longe de se resolver. Campeão da Copa do Brasil 2015, o Verdão, em parceria com a Crefisa e a FAM, colocaram a taça em exposição para os torcedores na última semana, sem custos. Na ocasião, a Traffic notificou o clube e seus patrocinadores por “violarem direitos privativos”. CLIQUE AQUI e entenda o assunto.

Nesta segunda, 21, assim como na próxima quarta, dia 23, a Prevent Senior, outra patrocinadora do Palmeiras, expõe o símbolo da conquista alviverde em sua sede, também sem custos. A medida gera polêmica, uma vez que a notificação da Traffic destacava que a exibição do troféu deveria ser “interrompida imediatamente, sob pena da adoção de medidas judiciais e extrajudiciais cabíveis”.

Procurado pelo Torcedores.com, o Palmeiras, por meio de sua assessoria de imprensa, disse que não vai se manifestar. Mesma atitude da Traffic Sports, em contato com a nossa redação. Já a Prevent Senior, até o fechamento desta reportagem, não se manifestou.

Relembre a notificação da Traffic:

TRAFFIC SPORTS

O troféu da Copa do Brasil é um ícone de propriedade exclusiva da competição e o direito a exibi-lo comercialmente não foi adquirido da signatária nem da Klefer pelo Palmeiras, pela Crefisa e/ou pela FAM. O direito do Palmeiras de manter e guardar o troféu da edição de 2015, na qualidade de campeão da competição, seguramente não se confunde com o direito a usá-lo para fins comerciais. Por esse motivo, a exposição realizada na sede da FAM, com evidente caráter comercial, representa violação direta e ilegal dos direitos privativos da Klefer e da Traffic, bem como dos patrocinadores e clientes com quem estas sociedades válida e regularmente contrataram, implicando responsabilidade do Palmeiras, da Crefisa e da FAM por todo e qualquer prejuízo decorrente da sua conduta irregular.

Sendo assim, serve a presenta para notificar o Palmeiras, a Crefisa e a FAM a fim de que a exibição do troféu da Copa do Brasil na sede da FAM seja interrompida imediatamente, sob pena da adoção das medidas judiciais e extrajudiciais cabíveis.”

notificação Traffic

Foto: Divulgação / CBF