Relembre as maiores polêmicas de Neto em 2015

Crédito da foto: Reprodução/TV Bandeirantes

Neto é um personagem extremamente polêmico na mídia brasileira, e neste ano de 2015 o comentarista e apresentador da Band não deixou de ser menos polêmico em relação aos anos anteriores. Foram diversas declarações fortes dadas por ele em seu programa, ou até mesmo nas redes sociais. Relembre quais foram as maiores polêmicas do apresentador em 2015.

LEIA MAIS:
10 dramas que só quem já ouviu jogo no rádio já viveu

Em março Neto apostou que o São Paulo iria ganhar de 4 x 0 do Palmeiras:

Isso ganhou grande repercução e após a partida quando o Palmeiras saiu vitorioso ganhando por um placar de 3 x 0, os palmeirenses não perdoaram o apresentador e mandaram vários recados para ele nas redes sociais.

Em Abriu, o apresentador se revoltou com o Palmeiras e falou até em ditadura:

Em seu programa, Donos da Bola, o apresentador Neto fez duras críticas ao fato de o Palmeiras ter vetado entrevistas de seus jogadores após a classificação para a final do Campeonato Paulista.

“Num momento em que você precisa mostrar o seu patrocinador, num momento onde você tem que valorizar os seus jogadores e você proibir os seus jogadores, na segunda-feiras, depois de vencer o Corinthians… Essa ditadura”, disse Neto.

Em maio, Neto detonou o atacante Emerson Sheik:

Após a eliminação do Corinthians, Neto perdeu as estribeiras e detonou Emerson Sheik: “Ele é bom para fazer as dancinhas dele, ficar com aquela macaca”

Em junho o apresentador ironizou a rejeição da pesquisa do Torcedores.com:

Em uma pesquisa feita pelo Torcedores.com, ele foi eleito o pior comentarista da TV brasileira e por isso cutucou: “Se eu fui o mais rejeitado, é porque eles me assistem”

Também em junho o apresentador criticou um repórter da Globo e criou um grande desconforto:

Aconteceu durante a transmissão da final do Mundial Sub-20, onde a seleção brasileira foi derrotada para a Sérvia com um placar de 2 x 1. Ele criticou o repórter Léo Bianch, por ter entrevistado o meia Andreas Pereira após o jogo e ter dado a ele os parabéns pelo segundo lugar. Isso irritou o comentarista que disparou: “Tem uns caras que não deveriam estar ali. Tem muita gente no lugar errado, tá de brincadeira!”

Em Julho Neto provocou Guerrero:

Isso foi quando o Corinthians ganhou do flamengo em uma partida na qual o Guerrero não jogou. O apresentador iniciou o programa falando o seguinte:

“E aí, Guerrero, você não disse que o Flamengo tinha a maior torcida do mundo? Chupa essa manga, seu otário”, disse Neto.

Em setembro Neto foi responsável por mais uma polêmica, foi no programa Tête-à-Tête com Téo José, transmitido pelo Band Sports:

Foi onde Neto chamou os jornalistas esportivos de “pipocas”.

Neste mesmo episódio, ele também falou que não gosta de conviver na TV.

“A televisão é um lugar muito difícil de conviver, porque tem muito traíra. Tem caras que estão do seu lado, mas querem te dar facada nas costas. Tem uns aí que eu tenho vontade de meter a porrada”.

O apresentador também disparou contra o clima da Band: “vão plantar batata”

Em novembro o apresentador disse: “Se o Barcelona vier jogar na Arena do Corinthians, não ganha”

Já agora em dezembro, Neto convocou sua seleção e disse que venceria Dunga:

“Eu montaria uma seleção melhor que essa só com jogadores que atuaram no Brasileirão e venceria o Dunga”, disse Neto em seu programa Donas da Bola.

Crédito da Foto: Reprodução/ Facebook oficial