Diretoria do Atlético-MG afasta atacante André, que treina separado do elenco em BH

O atacante André foi afastado do grupo principal de jogadores do Atlético-MG e passará a treinar separado em horários diferentes que o elenco. A decisão foi tomada nesta quinta-feira (21) pela diretoria atleticana, com aval da comissão técnica do time. Ele só deve ser reintegrado quando definir seu futuro, assim como aconteceu recentemente com o lateral-direito Patric.

Márcio Donizete
Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade de TV. Foi repórter colaborador, líder de colaboradores e editor no Torcedores.com. Apresenta o Lente Esportiva ABC em lives no Facebook e Youtube.

Crédito: Bruno Cantini/CAM

LEIA MAIS
Rafael Carioca compara título da Florida Cup com Copa do Brasil: “Taça é taça”
Pratto faz balanço de pré-temporada do Atlético-MG nos EUA: “Boa para ver o que Aguirre queria”
Mercado da Bola 2016: meia do Atlético-MG interessa ao Sport
Mercado da Bola 2016: Atlético-MG renova com lateral-esquerdo por mais quatro anos

De acordo com o clube, o afastamento não tem relação ao episódio em que o atleta apagou o escudo do Galo em uma foto publicada em sua conta oficial no Instagram. O caso gerou desapontamento dos diretores e, principalmente, dos torcedores, que acharam desrespeito do jogador com a entidade.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Com isso, o Corinthians pode se aproximar de acerto com André, autor de 13 gols em 29 jogos pelo Sport no Campeonato Brasileiro de 2015. O atacante já teria um pré-contrato assinado com o Timão, que busca liberação imediata do Atlético, detentor dos direitos dele até junho deste ano.

Crédito da foto: Bruno Cantini/CAM