Rafael Carioca lamenta saída de Jemerson do Atlético-MG: “Difícil”

O Atlético-MG viveu uma semana complicada. Três jogadores deixaram o elenco, negociados: André e Giovanni Augusto (que foram para o Corinthians), além do zagueiro Jemerson (transferido ao Monaco-FRA). Este último já mostrou que fará falta ao grupo. Pelo menos o volante Rafael Carioca vê dessa forma a saída do novo defensor do time francês.

Márcio Donizete
Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade de TV. Foi repórter colaborador, líder de colaboradores e editor no Torcedores.com. Apresenta o Lente Esportiva ABC em lives no Facebook e Youtube.

Crédito: Crédito da foto: reprodução/SporTV

LEIA MAIS
Carlos é desfalque do Atlético-MG por três meses após cirurgia no tornozelo
Jovem zagueiro do Atlético-MG espera oportunidade após saída de Jemerson
Opinião: Atlético-MG tem em Dátolo o substituto de Giovanni Augusto
Hyuri estreará como titular no Atlético-MG contra o Uberlândia, confirma Aguirre

“Difícil. Jemerson é um jogador que dispensa comentários. Um dos jogadores mais técnicos do time. Dificilmente dava chutão. Sabia fazer a cobertura certa”, disse o jogador, elogiando as qualidades de Jemerson.

Mas Carioca revelou que se estivesse no lugar do defensor, faria o mesmo. “Era uma proposta irrecusável. Eu faria a mesma coisa, porque era um jogador novo”, contou. E ele fez questão de exaltar quem permaneceu no Galo. “Mas o Atlético-MG trouxe o Erazo, tem o Tiago, que jogou bem. Acho que temos que olhar quem está aí para ajudar ao Atlético”, finalizou o atleticano.

Crédito da foto: Reprodução/SporTV

Quem chega e quem sai dos clubes?