Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Brasil Open: chuva cancela programação e quinta-feira terá 13 jogos

Nessa quarta-feira (24), São Paulo provou do que vinha atrapalhando o Rio Open em sua programação. A chuva não deu trégua e barrou as estreias dos três principais jogadores na chave de simples e da dupla olímpica brasileira nas duplas.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Foto: Reprodução/Facebook Oficial Brasil Open

A chuva interrompeu os dois únicos jogos que abriram a rodada e estavam acontecendo no momento da paralisação. Na quadra central, o espanhol Inigo Cervantes (65) vencia o esloveno qualifier Blaz Rola por 7-6(4)/2-1. E na quadra 1, dois espanhóis se enfrentavam, Pablo Carreno Busta tinha vantagem sobre Daniel Gimeno-Traver (6-2/3-6/1-0).
A dupla olímpica brasileira, que estava programada para a sessão noturna, abri a rodada nesta quinta-feira na quadra central. Bruno Soares e Marcelo Melo irão enfrentar a dupla composta por Nicolas Almagro e o também brasileiro Eduardo Russi Assumpcao às 12h.
Os três principais jogadores da chave principal também estreariam na quarta-feira. O francês Benoit Paire (20), primeiro cabeça de chave, joga contra o sérvio Dusan Lajovic (76) logo após o jogo do brasileiro Thomaz Bellucci (35), que enfrenta o espanhol Roberto Carballes Baena (122). O atual campeão do Brasil Open e terceiro cabeça de chave, o uruguaio Pablo Cuevas (27) enfrenta o argentino Facundo Bagnis (96) também nesta quinta e estreando na segunda rodada, assim como o francês e o brasileiro.
Outro brasileiro em quadra será Thiago Monteiro (convidado – 278), ele e o espanhol Daniel Munoz de la Nava (72) abrirão a rodada noturna da quadra central. Assim como fez com Tsonga no Rio Open, Thiago já surpreendeu em São Paulo ao vencer o espanhol Nicolas Almagro (sétimo cabeça de chave do torneio e 50º no ranking da ATP) mas, se passar da segunda rodada, pode vir a enfrentar amanhã Pablo Cuevas, seu algoz na cidade carioca.
Outros três jogos de duplas envolvem brasileiros. Rogerio Dutra Silva e João Sousa, o Feijão, enfrentam o chileno Julio Peralta e o argentino Horario Zeballos. Os italianos Marco Cecchinato e Paolo Lorenzi jogam contra Andre Sá e seu parceiro argentino Maximo Gonzalez. E para fechar, Gulherme Clezar e Pedro Bernardi tentam superar a dupla do eslovaco Andrej Martin e do chileno Hans Podlipnik-Castillo.