Grupo da morte? Grêmio é mais valioso que dois adversários juntos

Desde o sorteio dos Grupos da Libertadores, muita gente diz que o Grêmio teve a infeliz sorte de cair justamente no grupo da morte, formado por Toluca, LDU e San Lorenzo. Mas será que os adversários são tão difíceis assim?

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio

LEIA MAIS:
Mercado da bola: Ex-meia de Grêmio e Palmeiras é o novo reforço do Macaé
Grêmio venceu com gol de volante na sua última estreia em Libertadores 

De acordo com dados do site Transfermarkt, o Grêmio está avaliado em 63,4 milhões de euros, cerca de R$ 267 milhões. Um valor muito superior ao que estão avaliados os adversários do Tricolor gaúcho.

O Toluca, do México, está avaliado em R$ 133,9 milhões – ou seja, quase a metade do valor de mercado do Grêmio. Mas o que mais chama a atenção é que a soma dos valores do time mexicano com a LDU, do Equador, que é de R$ 94 milhões, ainda sim é menor que o valor da equipe comandada por Roger Machado – R$ 227 milhões.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

O San Lorenzo, da Argentina, é a segunda equipe mais valiosa do Grupo, mas ainda sim vale menos que o Grêmio – R$ 182,7 milhões.

A equipe gaúcha inicia na madrugada desta quinta-feira, à 0h (de Brasília), a sua caminhada rumo ao tricampeonato da Copa Libertadores. O primeiro desafio é contra o Toluca, no estádio Nemesio Díez, localizado a 2.600 metros acima do nível do mar.