Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Palmeiras: Marcelo Oliveira faz suspense sobre manter três volantes contra o Santos

O técnico do Palmeiras, Marcelo Oliveira, surpreendeu ao escalar um time com três volantes no empate por 2 a 2, contra o River Plate-URU, na estreia da equipe na Libertadores. Porém, apesar de destacar pontos positivos no novo esquema, o comandante não garante que vai manter o mesmo time para o clássico deste sábado (20), às 17h, no Allianz Parque.

Marcel Rauen
Jornalista e assessor de imprensa

LEIA MAIS:

CONMEBOL NEGA VISITA AO ALLIANZ PARQUE E MANDA RECADO AO PALMEIRAS

MERCADO DA BOLA: PALMEIRAS VOLTA A DEMONSTRAR INTERESSE EM CLAYTON, DO FIGUEIRENSE

SANTOS CONTRATA JOIA DA BASE DO BARCELONA

MERCADO DA BOLA: DIEGO RECEBEU SONDAGEM PARA JOGAR NO PALMEIRAS, DIZ TV

O treinador já deixou claro em diversas entrevistas que seu esquema preferido é o 4-2-3-1, com dois volantes mais presos à marcação, porém, resolveu mudar contra o River e armou o time no 4-4-2, com Arouca, Thiago Santos e Jean como volantes e Dudu, como principal armador, centralizado..

Podemos fazer das duas formas. Não estávamos marcando tanto, não estavamos consegundo impor tanto com dois volantes. E essa foi a ideia no jogo aqui [Uruguai] com a marcação forte, utilizar a velocidade na saída de bola. Algumas vezes foi bom, depois com a entrada do Robinho ficou mais leve. Podemos usar das duas formas, criar situações para cada jogo“, disse o treinador, sem definir qual será o esquema utilizado contra o Peixe.

“Fomos mais consistentes jogando desta forma [contra o River]. A bola passou mais pelo meio de campo e a presença do Jean indica isso. A gente pode ter uma posse de bola melhor com a chegada dos volantes”, completou.

No entanto, Oliveira já confirmou que o time terá força máxima e não vai poupar ninguém no clássico. Será o primeiro encontro entre as equipes desde a decisão da Copa do Brasil do ano passado, vencida pelo Verdão.

Clássico é sempre importante, muito difícil. O Santos tem um ótimo time, mostrou isso naquelas finais. Precisamos de resultados no Campeonato Paulista. Vamos com força máxima, melhor time possível, para tentar superá-los no nosso campo“, finalizou Oliveira.

Neste ano, em jogos oficiais, o Palmeiras disputou cinco partidas. Foram uma vitória, dois empates e uma derrota pelo Paulistão e um empate, contra o River, pela Libertadores.

Crédito da foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras